Sebrae Bahia: Rede de Atores de Desenvolvimento foca na melhoria do ambiente de negócios dos municípios

O Sebrae Bahia lançou, nesta quinta-feira (25), o ciclo de 2021 da Rede de Atores de Desenvolvimento. O objetivo é qualificar lideranças públicas para melhorar o ambiente de negócios e fortalecer os setores produtivos locais, gerando mais oportunidades de trabalho e renda, além de promover a troca de experiências entre os participantes. O lançamento, realizado em ambiente virtual, contou com a participação do superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, e do secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.

De 2019 a 2021, a rede contou com 199 atores de 155 municípios e capacitou mais de 1.000 gestores públicos em mais de 300 horas. Jorge Khoury falou da importância da parceria com o Estado da Bahia. “A Rede de Atores é um trabalho em conjunto com os municípios para que possamos melhorar as condições para empreender em todo Estado da Bahia. A atuação dos Agentes e secretários municipais é fundamental para o sucesso da Rede. Agradecemos sempre a parceria da Secretaria do Planejamento, na figura de Pinheiro, que sempre apoia nossas ações, pois somente juntos podemos fazer mais”, comentou o superintendente.

O secretário Walter Pinheiro ressaltou a importância de incentivar o empreendedorismo como alavanca para o desenvolvimento econômico e destacou projetos que o Governo do Estado está implementando, a partir da integração de políticas públicas, envolvendo diversas secretarias, com foco na formação de empreendedores urbanos e rurais no estado. “Estamos trabalhando com foco na geração de trabalho e renda tanto na capital quanto no interior, fomentando o empreendedorismo em diversas áreas para o desenvolvimento das economias locais e o Sebrae pode colaborar bastante. Esse trabalho da Rede é essencial para que se chegue na ponta, no dia a dia”, disse.

As ações de 2021 vão começar por um curso de Políticas Públicas voltadas para pequenos negócios que vai discutir pautas que podem ser implementadas pelas prefeituras para dinamizar suas economias. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por Agentes de Desenvolvimento e secretários municipais pelo link: http://bit.ly/PoliticasPublicasCurso.

Na oportunidade, o ex-prefeito de Congonhas e analista do Sebrae Minas Gerais, Anderson Cabido, destacou que os municípios pensam em como vão atrair investimentos, mas precisam pensar ainda mais em como conseguem reter e gerar riquezas em seus territórios e de forma conjunta. “As Redes já são usadas em políticas públicas de saúde e precisam ser também utilizadas para nas políticas de desenvolvimento”, observou Cabido que completou: “somente quando geramos uma relação de confiança entre as partes conseguimos trabalhar juntos”.

Também participaram do ato a gerente de Ambiente de Negócios do Sebrae Bahia, Cecília Miranda, o diretor de Comércio e Serviços e Oportunidades de Negócio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Newton, e mais 258 participantes de diversos municípios baianos.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui