Saúde pública: confira a lista com 10 concursos com inscrições abertas

Saúde pública: confira a lista com 10 concursos com inscrições abertas. Foto Correio

Os médicos estão cada vez mais atraídos pelos concursos públicos. Antes poucos se inscreviam ou não assumiam o cargo quando aprovados, mas a crise econômica e a oferta maior de cursos de Medicina acabaram transformando essa realidade. Se o salário é bom, a estabilidade pode ser   melhor ainda.

E a carreira pública tem outra vantagem para esses profissionais: flexibilidade para que tenham outro tipo de vínculo empregatício, como manter um consultório particular ou atuar em clínica ou hospital privado. E os médicos concurseiros não têm mesmo o que se queixar. Há pelo menos 10 concursos com vagas para médicos com inscrições abertas no momento. Juntos, eeles somam 486 vagas.

“Esses concurseiros, geralmente, são aqueles que estão saindo da graduação ou  profissionais que já arriscaram na rede privada e não galgaram uma oportunidade”, destaca a coach e mentora de concursos na área de saúde  Natale Souza. O maior salário é oferecido pela prefeitura de São Carlos (SP). São 59 vagas com remuneração de R$ 14.071. O prazo para se inscrever termina amanhã (21) no site www.ckmservicos.com.br. O valor da taxa  é R$ 23,55.

Porém, metade das oportunidades está nas Forças Armadas. A Marinha inscreve até hoje (20) para o processo celetivo que vai contratar 79 médicos. Os candidatos devem possuir até 35 anos, curso superior completo ou em fase de conclusão e registro profissional no conselho da categoria. Há oferta de vagas para a Bahia.  Inscrição no sitewww.ingressonamarinha.mar.mil.br. A taxa de participação é de R$ 126.

A Aeronáutica também tem vagas para médicos. Os candidatos devem acessar o site www.fab.mil.br/ciaar para realizar o cadastro, que custa R$ 130. São 80 vagas com remuneração prevista  de R$ 8.245.

10 CONCURSOS PARA MÉDICOS
InstituiçãoVagasSalárioEscolaridadePrazo
Marinha79R$ 8.245Superior28/05
Aeronáutica80R$ 8.245Superior20/05
Prefeitura Aracruz (ES)49R$ 2.297,94Superior09/06
Prefeitura Unaí (MG)10R$ 9.078,90Superior25/06
Prefeitura de Indaiatuba (SP)64R$ 4.144,00Superior27/05
Prefeitura Nossa Senhora dos Remédios (PI)06R$ 6.000Superior20/05
Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV-RS)141R$ 11.512Superior20/05
Consórcio Público Interfederativo de Saúde de Piemonte da Chapada (Consan-BA)27R$ 5.000Superior24/05
Prefeitura de São Carlos (SP)59R$ 14.071Superior21/05
Prefeitura Saltinho (SP)04R$ 6.341,73Superior30/05

Ainda de acordo com Natale, é preciso conhecer o órgão ou instituição e entender o perfil da vaga: “A partir daí é observar as etapas do concurso e focar no conteúdo”, afirma.

A orientação é começar por aqueles assuntos com os quais não se tenha afinidade. “A parte específica, a gente sempre parte do pressuposto que todos vão estar no mesmo padrão. Então é se debruçar na parte do conteúdo que não é o da Medicina”.

Brasil

Fora as vagas para médicos, o país tem atualmente 38.032 vagas abertas em 59 processos seletivos. O maior salário está no certame para promotor no Ministério Público de Santa Catarina (SC). São 23 vagas com salário que chega a R$ 25 mil. As inscrições devem ser feitas até o dia 24 de maio (sexta-feira) no site do Instituto Consulplan (www.institutoconsulplan.org.br). O valor da taxa é de  R$ 300.

A Bahia tem dois concursos abertos que acumulam 95 vagas. O que mais chama atenção é o certame  para atuar na Policlínica Regional em Jacobina, pelo Consórcio Público Interfederativo de Saúde de Piemonte da Chapada (Consan). São 65 vagas com vencimentos de até R$ 5 mil e as inscrições terminam esta semana (24).  Mais informações em www.planejarconcursos.com.br. O valor é R$ 60 (médio) e R$ 85 (superior).

OS CINCO PRINCIPAIS ERROS NA HORA DA PREPARAÇÃO

  1. Procrastinação – Não deixe para depois. Se o objetivo é ingressar na carreira pública comece a colocar esse cronograma de estudos em prática.
  2. Esperar o edital sair para começar a estudar –  Não caia nessa cilada. O quanto antes começar, melhor. Se tiver dúvidas quanto ao que deve ser cobrado na prova, use como norte os editais de concursos anteriores.
  3. Não resolver simulados – Não fique preso apenas às apostilas e à teoria. E esse exercício prático deve ser feito com base nas provas antigas e em questões elaboradas pela banca organizadora.
  4. Estudar primeiro o conteúdo específico da área – É preciso focar e demandar um maior tempo de estudo para aquela parte chata mesmo e, muitas vezes, a mais difícil.
  5. Desistir  – Nem sempre você vai ser aprovado na primeira tentativa. É preciso entender que cada tentativa faz parte do processo.

Fonte: Correio

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui