Rui Costa homologa decreto de emergência de Carlos Simões decorrente da erosão marítima em Mucuri

Governador Rui Costa (Foto: Mateus Pereira/GOVBA)

O governador Rui Costa (PT) homologou nesta quinta-feira (18/05), através da SUDEC – Superintendência de Proteção e Defesa Civil, da estrutura da Casa Civil do Governo da Bahia, por meio do Decreto Estadual nº 17.604, o Decreto Municipal nº 2.149/2017, de 28 de abril de 2017, do prefeito José Carlos Simões (PDT), que declarou em “situação de emergência” pelo prazo de 90 dias, as áreas comprovadamente afetadas na cidade de Mucuri, considerando os danos decorrentes da erosão marinha que está a afetar as atividades econômicas e a atingir à população.

No seu despacho o governador Rui Costa diz que considerando competir ao Estado preservar o bem-estar da população e, nesse sentido, adotar medidas que se fizerem necessárias. Do ano 2000 até hoje a cidade de Mucuri já perdeu 6 avenidas e centenas de imóveis para a erosão costeira, mas a atual administração municipal diz que tem trabalhado para reverter essa situação.

O decreto pode ter sido uma forma para chamar atenção do governo em relação ao problema grave que a cidade de Mucuri, notadamente, sofre com as constantes ressacas marítimas que causam grandes prejuízos para os donos de imóveis e vem destruindo bens públicos, como praças, calçamento, postes de energias elétricas e logradouros diversos. Os espigões instalados na gestão anterior resolveram o problema em parte da região central, mas o problema agravou a região da orla norte da cidade, porque o projeto na época parou na metade.

Segundo o prefeito Carlos Simões, a sua ansiedade é grande para resolver o problema com as obras da contenção da erosão costeira, por isso, uma das suas primeiras medidas tão logo iniciou o governo foi encomendar um projeto para fazer uma orla bonita, atraente para primeiro, agradar os moradores de Mucuri e para isso, ele pretende investir essencialmente na recuperação da orla, com barracas padronizadas e transformar a praia num local agradável, depois disso fazer uma corrente de divulgação para poder atrair turistas para a região.

Contudo, tem consciência que antes do seu projeto de embelezamento, precisa buscar investimentos para barrar a agressividade do mar que está avançando cidade a dentro. O prefeito Carlos Simões espera conquistar apoio do Governo da Bahia e do Governo Federal, tanto que na última quarta-feira (17), esteve em Brasília numa audiência com o ministro Helder Barbalho, do Ministério da Integração Nacional, onde entregou um projeto com um devido estudo da dinâmica costeira da praia de Mucuri na busca por recursos como forma de solucionar o grave problema da erosão costeira em Mucuri.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui