RPPN Estação Veracel é tema de capítulo em livro sobre O Valor das Florestas

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RRPN) Estação Veracel é uma das reservas de Mata Atlântica que ganhou um dos capítulos especial no livro “O Valor das Florestas”, da editora Terra das Artes. O lançamento da publicação será no dia 13 de julho, em São Paulo. O histórico da RPPN, sua biodiversidade, projetos de pesquisa desenvolvidos, bem como atividades de educação ambientais são os principais pontos abordados pelos autores. O livro tem o objetivo de contribuir no debate sobre o futuro das florestas e sua relevância para o planeta, com foco nos desafios da sociedade moderna para lidar com o tema.

Organizada pelos especialistas Marco Antonio Fujihara, Roberto Cavalcanti, Andre Guimarães e Rubens Garlipp, a publicação aborda a importância e o uso das florestas no mundo e no Brasil, apresentando oportunidades de se obterem produtos e serviços ambientais a partir de procedimentos sustentáveis que podem beneficiar toda a sociedade.

A RPPN

A Estação Veracel é uma das seis Áreas de Alto Valor de Conservação da Veracel, com 6.069 hectares de mata nativa preservados, entre os municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, no extremo sul da Bahia. A área foi reconhecida como Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) pelo Ibama, ou seja, é uma área particular perpetuada com o objetivo de conservar a biodiversidade e promover a educação ambiental. Por isso, foi denominada Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela Unesco. Além de ser uma das maiores reservas particulares de Mata Atlântica do Brasil, se destaca entre as 20 áreas de maior diversidade de espécies de árvores do mundo.

Até o momento, já foram catalogadas 445 espécies de animais vertebrados, das quais 37 ameaçadas de extinção e 54 endêmicas do sul da Bahia. Está em curso ainda um projeto de monitoramento de mamíferos de médio e grande porte, desenvolvido desde 2007, em parceria com a Conservação Internacional (CI Brasil) e o Instituto Dríades.

 

Fonte: Ascom da Veracel Celulose

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui