Projeto ensina conceitos de associativismo a estudantes de Eunápolis

Nascido do sonho da Agência Regional do Sebrae de Teixeira de Freitas de levar às escolas públicas de ensino médio uma formação básica que contribua com o aguçamento, no jovem estudante, de um espírito empreendedor e conhecedor das premissas do mundo empresarial, o projeto Estudante do Futuro levará a estudantes de Eunápolis as noções básicas do associativismo. A palestra acontece nesta sexta-feira (14), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), para duas turmas, uma às 8 horas e outras às 14 horas.

O conteúdo programático contempla tópicos como interpretação do Estatuto Social; diferenças entre as sociedades cooperativas, associações e empresa mercantil; direitos e deveres dos membros de uma associação; atribuições do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal; procedimentos para formalização; estrutura organizacional, entre outros. O facilitador será o gestor de projetos do Sebrae Enivaldo Piloto.

O projeto Estudante do Futuro surgiu da preocupação do Sebrae em vincular a educação escolar ao mundo do trabalho e à prática social. “Este projeto se fundamenta na necessidade de levar noções básicas de mercado, empreendedorismo e cidadania à escola pública brasileira, em especial ao ensino médio, respaldado no parágrafo quarto do Artigo 36, Seção IV, da Lei nº 9.394/96: ‘A preparação geral para o trabalho e, facultativamente, a habilitação profissional, poderá ser desenvolvida nos próprios estabelecimentos de ensino médio ou em cooperação com instituições especializadas em educação profissional’, explica Piloto. “Pretendemos que esses estudantes saiam do ensino médio com mais chances de serem absorvidos pelo mercado e com a inquietação do crescimento pessoal, intelectual e profissional”, destaca ainda.

O objetivo principal do projeto é proporcionar uma formação profissional básica, visão do mundo empresarial e provocar o espírito empreendedor nos jovens estudantes. Essa formação conta com conteúdos voltados às situações empresariais, mercadológicas e comportamentais, para que o estudante parta para o mercado sensível às suas condições e consciente das suas próprias no que diz respeito à sua capacidade produtiva, participativa e de liderança.

São também objetivos do projeto despertar no jovem o espírito empreendedor, criar perspectivas de futuro e diminuir o desemprego, especializando a mão-de-obra e incentivando à produção e inovação do mercado.

O projeto Estudante do Futuro consiste em quatro horas de aula semanais, ministrada em período inversa (contra turno) ao horário normal de aulas dos alunos contemplados. As turmas são formadas com trinta estudantes cada. Todos os temas têm enfoque empresarial atrelado a situações práticas. Para garantir um aprendizado prático, cada turma é direcionada a constituir uma atividade empresarial com fins lucrativos, embasada em uma necessidade de mercado e estudo de viabilidade, que será realizado pela própria turma com acompanhamento do Sebrae.

Fonte: Débora Vicentini/Ascom do Sebrae

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui