Recanto da Poesia: ENVELHECER

ENVELHECER

O tempo passa, a gente cresce, a pele envelhece,
no passado só lembranças, aquela felicidade de quando éramos crianças.
O futuro sonhamos, planejamos, queremos, mas nos esquecemos
que tanto a lembrança, quanto o futuro, se faz no presente.

O tempo passa, queremos que vá mais rápido, queremos que vá devagar,
mas ele mantém o mesmo passo, e desejar a pressa ou a lentidão não vai mudar;
por isso devemos aproveitar, da maneira que pudermos e quisermos
pois se tens a liberdade, por que está preso a meras futilidades?

Deseja, sonha, e continua no mesmo lugar culpando o mundo,
não compreende o que causa esse inevitável futuro?
não percebe o que lhe acontece? então deve saber
que o culpado é somente você.

Deseja, sonha, pensa mil coisas, mas continua na rotina,
nos seguimentos de comandos, sem alterar permanece no mesmo lugar.
Altere a ordem, pense em outro ângulo, idéias novas apareceram,
e o resultado irá se desprender, conforme o teu querer.

Deixem-me envelhecer sem compromissos e cobranças, sem a obrigação de parecer jovem e ser bonito para alguém, quero ao meu lado quem me entenda e me ame como eu sou, um amor para dividirmos tropeços desta nossa última jornada, quero envelhecer com dignidade, com sabedoria e esperança, amar minha vida, agradecer pelos dias que ainda me restam, eu não quero perder meu tempo precioso com aventuras, paixões perniciosas que nada acrescentam e nada valem. Deixem-me envelhecer com sanidade e discernimento, com a certeza que cumpri meus deveres e minha missão, quero aproveitar essa paz merecida para descansar e refletir, ter amigos para compartilharmos experiências, conhecimentos, quero envelhecer sem temer as rugas e meus cabelos brancos, sem frustrações, terminar a etapa final desta minha existência, não quero me deixar levar por aparências e vaidades bobas, nem me envolver com relações que vão me fazer infeliz. Deixem-me envelhecer, aceitar a velhice com suas mazelas, ter a certeza que minha luta não foi em vão: teve um sentido, quero envelhecer sem temer a morte e ter medo da despedida, acreditar que a velhice é o retorno de uma viagem, não é o fim, não quero ser um exemplo, quero dar um sentido ao meu viver, ter serenidade, um sono tranquilo e andar de cabeça erguida, fazer somente o que eu gosto, com a sensação de liberdade, quero saber envelhecer, ser um velho consciente e feliz!!!

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Amo este Poeta e Amigo do Coração.
    Ele é muito bondoso, atencioso e sincero. Escreve lindas Poesias, que falam sobre a vida, o amor, a velhice, a juventude, enfim, sobre tudo que envolve o ser humano. Parabéns meu lindo e querido Amigo Poeta. Meu carinhoso abraço.

  2. Obrigado minha amiga” Você é uma pessoa muito especial, tenho orgulho de poder ser seu amigo. Poesias e poemas são como borboletas que devem seguir por todos os jardins
    trazendo novas cores e perfumes nas sementes
    que fazem florescer nos nossos corações…”

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui