Rapper Joab3 lança o seu primeiro videoclipe

Rapper Joab3 no clipe musical “Inferno”

No início de setembro, um dos mais conhecidos nomes do Rap em Teixeira de Freitas, o Rapper Joab3 lançou o seu primeiro disco, intitulado Prólogo, na época de seu lançamento, o músico concedeu uma entrevista ao Jornal OSollo, onde falou sobre a realização do projeto e como se encontrava o Rap no atual cenário musical, tanto em Teixeira de Freitas quanto a nível nacional.

Capa do disco Prólogo, cuja segunda faixa intitulada “Inferno” se tornou videoclipe (Arte de Tiago Silva)

Desde então, Joab3 e outros artistas haviam se dedicado a realização de um videoclipe de uma das músicas que compõem o Prólogo. A música escolhida foi “Inferno”, escrita pelo próprio Joab3 em parceria com o rapper e produtor musical Ney Dicí.

Assista ao vídeo abaixo:

Por conta do lançamento de “Inferno”, o Rapper Joab3 foi entrevistado na ocasião pelo jornalismo d’OSollo, onde tratou da produção do videoclipe:

1)Como se deu a realização do clipe “Inferno”?

Foi simples, foi meio Cinema Novo, “com uma câmera na mão e uma ideia na cabeça”. A prioridade foram às locações, os horários, a iluminação do ambiente, as pessoas e a disponibilidade de cada uma delas, para que o projeto atingisse o resultado esperado.

2) A música “Inferno” faz parte do seu primeiro disco, o Prólogo. Quais são os próximos projetos?

Tenho em vista outros clipes, estamos estudando os formatos que encaixam melhor com cada proposta.

3) Quem esteve envolvido na produção do clipe?

Estiveram envolvidos no projeto, a roteirista e diretora de cena Jessica Silva; o rapper Ney Dicí que além de cantar, foi responsável pelas imagens e edição do vídeo. A câmera foi conduzida em algumas cenas por Dan Soares. O menino que aparece ao longo do clipe é meu irmão, Gabriel Santos, que se divertiu durantes as filmagens. No elenco estão Beatnik, Gabriel Warlock, Kaio Adriano e o próprio Dan Soares.

4) O Rap e o Hip-hop têm ganhado cada vez mais espaço em Teixeira de Freitas. Qual o motivo para esse súbito crescimento no cenário musical teixeirense?

Com uma fotografia noir, o protagonista do clipe se afunda em seu inferno pessoal

A quantidade de trabalhos lançados, a abertura que o Rap vem tendo nas mídias, por exemplo,  o filme o Menino e o Mundo, a trilha sonora é do rapper Emicida com a participação da também rapper e cantora de r&b Drik Barbosa e contou com a produção musical do também rapper Renam Samam, o outro motivo é a linguagem acessível  e cotidiana da Poesia do Rap, as cidades cresceram bastante nos últimos anos, e nisso surgiu a solidão urbana, sendo o Rap uma música urbana, começou a criar uma identificação com os ouvintes, talvez pela quantidade de referências ou pela complexidade da música ou até mesmo pelo ritmo te remeter a esse clima corrido de cidade, um fato curioso é a quantidade de músicos e produtores de outros gêneros migrando, grandes gravadoras abrindo espaço e investindo em artistas e tantas outras independentes surgindo, como o PalavraBase e outras que aparecerão.

5) Podemos esperar novos clipes de músicas do disco Prólogo?

Sim, não tenho ainda uma data, pra começar  gravar, nem  posso afirmar de qual canção, mas aguardem, teremos mais clipes.

6) A reflexões levantadas ao longo do videoclipe “Inferno” mostra os dramas da periferia. Como a música pode promover essa mudança de paradigma?

Acredito que com auto-conhecimento, informação, auto- valorização, a busca por sua identidade étnica, o desejo de superação, a compreensão de que os  conflitos internos te fazem crescer.

O jovem Gabriel Santos em cena

7) No clipe temos a participação de seu irmão mais novo, Gabriel Santos, como foi trabalhar com ele? E o que seu personagem representa na narrativa do clipe?

Foi natural a escolha dele,  por razões genéticas, pois precisávamos de uma criança que se parecesse fisicamente comigo, ele representa o passado, as origens, as raízes ideológicas, os princípios e valores narrados na canção,  ele tem exatamente a idade que eu tinha quando comecei no Rap, ele representa também  o meu começo como artista, a minha primeira apresentação foi no dia que minha mãe chegou com ele da maternidade, por isso é muito significava a participação dele e modéstia é muito talentoso.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui