Qual a origem do Dia Internacional da Mulher?

ILUSTRA: Yasmin Ayumi

Ele foi criado em 1910 por Clara Zetkin, uma professora e jornalista alemã que se tornou um dos ícones do feminismo. Durante a Conferência Internacional de Mulheres Trabalhadoras, realizada na Dinamarca naquele ano, ela propôs que todas as mulheres do mundo se unissem em um mesmo dia para dar voz às suas lutas e reivindicações. A proposta foi aprovada por unanimidade. Assim, o primeiro Dia Internacional da Mulher foi comemorado em 1911. Mais de um milhão de pessoas participou de passeatas pela Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça. Entre as reivindicações estavam o direito ao trabalho, ao voto, a ocupar cargos públicos e o fim à discriminação. O dia 8 de março se tornou a data fixa de celebração desde 1913 quando, às vésperas da 1ª Guerra Mundial, milhares de mulheres russas se organizaram em manifestações pela paz. A data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1977, e desde 1996 recebe um tema específico a cada ano. Em 2016, o tema é Paridade de Gênero. Entre os principais objetivos está o aumento do salário – mulheres recebem cerca de 77% do que ganham homens no mesmo cargo.

 

Algumas das principais conquistas das mulheres brasileiras desde o primeiro Dia Internacional da Mulher:

 

1927 – Primeiras mulheres brasileiras votam no RN

 

1932 – Mulheres brasileiras conquistam o direito ao voto em todo o território nacional

 

1933 – É eleita a primeira deputada brasileira: Carlota Pereira de Queiroz

 

1962 – Mulheres garantem o direito de trabalhar fora de casa sem a permissão dos maridos

 

1988 – Com a nova constituição, mulheres garantem igualdade de direitos

 

2006 – É criada a Lei Maria da Penha, que prevê penas mais duras a atos de violência contra a mulher

 

2010 – Dilma Rousseff é eleita a primeira presidente mulher do Brasil

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui