Projeto de assistência, prevenção e cuidado à população em situação de rua no combate à covid-19

blank
Projeto de assistência, prevenção e cuidado à população em situação de rua no combate à covid-19. Foto: Ascom

Idealizado pela Secretaria de Saúde de Porto Seguro, o plano estratégico de enfrentamento à covid-19, voltado às pessoas em situação de rua, tem desenvolvido o trabalho de articulação junto s equipes multiprofissionais que atuarão em esquema itinerante no município.

Para o diretor do consultório de rua, Marcio Luiz, trata-se de um grande avanço municipal  o planejamento dessa pasta, como também, o desenvolvimento contingencial referente ao combate do coronavírus para o público inerente a condição da rua. “É um ganho extremamente importante para Porto Seguro contar com a atuação integradora, dos mais diferentes setores inclusos a gestão pública, neste propósito de embate à covid-19, tendo como premissa oferecer assistência e cuidado a população em situação de rua, respeitando suas singularidades, história e modo de viver. Não é tão simples entender o motivo que os levaram a estar nas ruas, mas queremos disponibilizar todo suporte e dignidade no que tange à saúde, porque esse é nosso papel enquanto profissional da saúde e demais áreas conjuntas ao projeto”, afirma.

Atuação integrada

O projeto de contingência, concebido pelo diretor responsável pelas ações do consultório de rua, Márcio Luiz, em ação integrada a superintendente da saúde mental, Vandermilza Barbosa, é composto por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, assistente social e psicólogo.

Funcionamento

As equipes irão atuar de forma itinerante, de segunda a sexta- feira, das 15h até às 18h, percorrendo diferentes pontos da cidade, mapeando e identificando a população em situação de rua, ofertando consultas de saúde e assistência social, conforme as necessidades de cada cidadão em situação de rua, bem como promovendo as precauções preventivas e prioritárias relativas à covid-19.

Grupo Intersetorial

Além do plano de contingência ao coronavírus, a pasta do consultório de rua já realiza ações com grupo intersetorial representado pelas esferas da atenção básica, saúde mental, educação, assistência social, defensoria publica, regulação e alta complexidade, onde são realizadas reuniões mensais tendo a finalidade de debater casos específicos relacionados ao alinhamento de atividades em prol do público em situação de rua.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui