Procuradoria apura agressão de promotor contra juíza no carnaval

Agressão teria ocorrido na noite de quinta-feira (23), em Porto Seguro. Segundo BO, juíza disse que foi agredida com socos, chutes e pontapés.

Está prevista para terça-feira (28) a chegada em Salvador de uma juíza que foi agredida por um promotor durante o carnaval prolongado de Porto Seguro, na região sul da Bahia, na noite de quinta-feira (23).

Segundo o Boletim de Ocorrência, registrado na delegacia de Porto Seguro, a juíza disse que foi agredida com socos, chutes e pontapés por um promotor de Justiça. O motivo da agressão não foi divulgado. A juíza passou por exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal de Porto Seguro. O delegado Ricardo Feitosa, que encaminhou todas as informações iniciais e as guias de corpo e delito para a Procuradoria Geral da Justiça, responsável por apurar o caso, disse que não estava autorizado a falar sobre o assunto.

O promotor Valmiro Macedo, designado para apurar o caso, disse que uma equipe do Ministério Público vai a Porto Seguro investigar de perto os motivos da agressão. Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça da Bahia, a juíza tem direito à medida protetiva, que impede que o promotor se aproxime a menos de três metros dela.

Fonte: G1, com informações da TV Sudoeste

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui