PRF recaptura foragido da justiça por rompimento tornozeleira eletrônica

PRF recaptura foragido da justiça por rompimento tornozeleira eletrônica. Foto: Ascom

Para tentar ‘escapar’ de fiscalizações e evitar a prisão, o homem apresentou aos policiais uma carteira de identidade falsa comprada por 120 reais.

Por volta de 16h20 de terça-feira (11), policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de combate ao crime na frente da Unidade Operacional da PRF de Vitória da Conquista (BA), no Km 830 da BR 116, e abordaram um ônibus de transporte de passageiros.

Ao subirem no veículo, os PRFs solicitaram os documentos dos ocupantes para consulta detalhada nos sistemas informatizados da polícia e perceberam um nervosismo incomum em um dos passageiros. Notava-se um certo desconforto com a abordagem policial e ele tentando enganar a polícia entregou carteira de identidade falsa, pois estava com a foto do suspeito, porém com o nome de uma outra pessoa.

Após alguns minutos da entrevista, o homem de 29 anos, confessou que usava a documentação falsa, pois temia por sua vida, em razão de condenação por crime de homicídio. Relatou que cumpriu 9 (nove) meses de reclusão no presídio e recebeu o benefício de saída, condicionada ao uso obrigatório da tornozeleira eletrônica, mas, por medo de morrer resolveu ‘arrancar’ o equipamento e fugir.

Disse ainda que adquiriu a documentação falsa no estado de São Paulo e pagou 120 reais.

Em vistoria aos objetos pessoais do foragido, foram apreendidos um CPF e uma CNH com indícios de falsificação.

Diante dos fatos, o homem foi preso em flagrante e será acrescentada em sua ficha criminal o uso documento falso e falsidade ideológica. Ele foi encaminhado com todo material apreendido para a Delegacia de Polícia Judiciária, para formalização dos procedimentos cabíveis.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui