PRF intensifica fiscalização de trânsito no Extremo Sul

Mais uma etapa de policiamento orientado e patrulhamento preventivo na região. Foto: Agência PRF

Entre os dias 25 e 28 de outubro, a PRF em Eunápolis contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo no patrulhamento ostensivo e preventivo em mais uma etapa de fiscalização de trânsito que teve como foco principal garantir a segurança viária dos usuários que utilizam as rodovias federais da região.

Para isso, os agentes federais ficaram estrategicamente concentrados e posicionados em trechos das BRs 101 e 367 (Eunápolis e Porto Seguro), realizando o policiamento orientado em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

Mais uma etapa de policiamento orientado e patrulhamento preventivo na região. Foto: Agência PRF

Durante as fiscalizações, a PRF flagrou e autuou diversos condutores agindo com imprudência, falta de cuidado e desrespeito às Leis de Trânsito.

Em quatro dias de fiscalização, os agentes emitiram 462 autos de infração. 538 veículos foram fiscalizados com abordagem e 630 pessoas tiveram seus documentos consultados nos sistemas da PRF.

Mais uma etapa de policiamento orientado e patrulhamento preventivo na região. Foto: Agência PRF

Das multas extraídas, 41 autos de infração emitidos para condutor ou passageiro sem o cinto de segurança. 54 veículos recolhidos ao pátio por apresentarem irregularidades impossíveis de serem sanadas no local ou por comprometerem a segurança dos usuários da rodovia.

A equipe também emitiu 07 autos de infração para motociclistas ou ‘carona’ sem o capacete. Embriaguez ao volante também foi alvo de fiscalização da PRF. Durante as atividades foram realizados 491 testes com o etilômetro (bafômetro) e 13 motoristas foram autuados, por recusa ou por constatação.

Eles tiveram suas carteiras de motorista recolhidas e pagarão multa no valor de R$ 2.934,70.

Mais uma etapa de policiamento orientado e patrulhamento preventivo na região. Foto: Agência PRF

Uma das infrações mais constatada, a ultrapassagem proibida, que lamentavelmente é a que mais causa acidentes com consequências graves foram 33 autos extraídos.

Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é o tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro.

Ocorrências relevantes

Destaca-se a prisão de motociclista embriagado que evadiu-se da fiscalização, empreendeu fuga na rodovia. A ocorrência foi registrada na tarde de domingo (27), no Km 24 da BR 367, trecho do município de Porto Seguro.

Era por volta das 15h43, equipe da PRF realizava patrulhamento na rodovia voltada à prevenção de acidentes quando o condutor da motocicleta YAMAHA/Fazer YS250, desobedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga em alta velocidade, colocando em risco a segurança de todos.

A equipe só conseguiu interceptar a motocicleta após alguns quilômetros de acompanhamento tático. Os agentes federais realizaram os procedimentos de fiscalização e o condutor foi submetido ao teste com etilômetro, cujo resultado aferiu 0,82 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões), comprovando a embriaguez.

O teste no aparelho apresentou índice quase 3 vezes maior do valor considerado como crime que é de 0,34 mgL. O infrator, um homem de 22 anos, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil em Porto Seguro (BA) e apresentado à autoridade policial de plantão.

Frisa-se também a captura de um foragido da justiça que possuía mandado de prisão em aberto pelo cometimento do crime de homicídio.

A ação foi registrada na noite de sábado (26). Equipe fiscalizava no Km 35 da BR 367, em Porto Seguro (BA), quando abordou um veículo VW/Gol, com 02 ocupantes. Foram solicitados os documentos do veículo, do motorista e do ‘carona’.

Em consulta ao banco de dados e sistemas policiais utilizados pela PRF, foi constatado que o passageiro, um homem de 22 anos, possuía em seu desfavor um mandado de prisão em aberto decorrente de processo pelo crime de homicídio, delito previsto no art. 121 do Código Penal Brasileiro.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao foragido, sendo este encaminhado à autoridade competente da Delegacia de Polícia Civil de Porto Seguro (BA), para cumprimento da pena.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui