Prefeitura leva mutirão de glaucoma para 400 pacientes de Mucuri e Itabatã

Prefeitura leva mutirão de glaucoma para 400 pacientes de Mucuri e Itabatã. Fotos: Ascom
Prefeito Robertinho acompanhou a ação

A Prefeitura de Mucuri através da Secretaria Municipal de Saúde realizou dois mutirões de glaucoma neste final de semana para 430 pessoas do município, onde os pacientes passaram por uma triagem e em seguida foram chamados para a realização de testes, que são realizados por enfermeiros. Após a avaliação, são atendidos pelo médico que realiza os exames, verificando a pressão ocular e receitando o uso de colírio para o tratamento adequado da doença.

Os pacientes tanto de Mucuri quanto de Itabatã receberam gratuitamente os colírios adequados para a continuidade de seus tratamentos por um período de 90 dias, que se fossem comprados custaria o equivalente a R$ 750,00. O objetivo da ação foi realizar o diagnóstico precoce, encaminhar o paciente para o tratamento adequado e amenizar a fila de espera.

A previsão da Prefeitura de Mucuri é que o mutirão aconteça a cada 3 meses e abrir vagas para novos pacientes do próximo mutirão que está previsto para acontecer no mês de novembro. Uma estrutura eficiente foi montada para acolher os pacientes na fila, respeitando os protocolos de segurança contra a Covid-19.

O primeiro mutirão aconteceu na sexta-feira (30/07) na Escola Municipal Raul Gazzinelli na cidade de Mucuri e neste último sábado o mutirão aconteceu na Escola Municipal Edvaldo Machado Boaventura, no distrito de Itabatã. As ações foram acompanhadas de perto pelo prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa “Robertinho” (DEM) que conversou com populares durante toda manhã e pelo secretário Municipal de Saúde, Fernando Gonçalves Jardim.

Os mutirões de glaucoma aconteceram de forma gratuita para os pacientes do município de Mucuri, através da Secretaria Municipal de Saúde em convênio com o Ministério da Saúde através do Sistema Único de Saúde e do Governo do Estado através da SESAB – Secretaria Estadual de Saúde da Bahia. O objetivo da ação é fazer um diagnóstico precoce da doença e encaminhar o paciente o quanto antes para tratamento apropriado.

Conforme o médico oftalmologista Luiz Gustavo, que liderou a equipe de saúde do mutirão, o glaucoma é uma doença que surge a partir do aumento da pressão intraocular, propiciando a destruição das células do nervo óptico e causando cegueira, caso o paciente não seja tratado corretamente.

“Entre os sintomas mais frequentes da doença estão as escotomas (manchas escuras) no campo visual periférico. Apesar de ainda não ter cura, existem diversas formas de controle da doença. Quanto mais precoce for o diagnóstico, maiores são as probabilidades de evitar a perda da visão do paciente”, alertou o oftalmologista Luiz Gustavo.

O secretário Municipal de Saúde, o farmacêutico bioquímico Fernando Jardim, disse que a maior preocupação da atual gestão é propiciar comodidade, eficiência, humanização e agilidade nos atendimentos, razão pela qual, promoveu os mutirões mais próximos dos usuários. “A recomendação do nosso prefeito Robertinho é que a saúde chegue o mais perto possível do cidadão e no caso dos mutirões do glaucoma, pensamos nisso. O glaucoma é uma doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo ótico e, como consequência, comprometimento visual. Se não for tratado adequadamente, pode levar à cegueira. Há vários tipos de glaucoma. O glaucoma crônico simples ou glaucoma de ângulo aberto, que representa mais ou menos 80% dos casos, incide nas pessoas acima de 40 anos e pode ser assintomático. Ele é causado por uma alteração anatômica na região do ângulo da câmara anterior, que impede a saída do humor aquoso e aumenta a pressão intraocular”, explicou o secretário Fernando Jardim.

Com a intenção de colher uma impressão das pessoas acerca da qualidade da prestação de serviços do setor de saúde da rede pública municipal, o prefeito Robertinho acompanhou a ação durante toda manhã tanto em Mucuri quanto em Itabatã, onde conversou com os pacientes e profissionais responsáveis pela realização dos exames. Ele disse que o objetivo é humanizar e levar a excelência ao máximo que puder a saúde pública de Mucuri. Assegurou que os mutirões irão ocorrer a cada três meses no município e disse mais, que está trabalhando para até o final do ano promover um mutirão de cirurgias de cataratas no munic& iacute;pio de Mucuri, para atender uma demanda especial que está represada.

O radialista Alan Amorim, foi um dos usuários e enalteceu o atendimento parabenizando o prefeito por ter levado o mutirão até o distrito de Itabatã, que aconteceu no distrito pela primeira vez na história. O senhor Alcidino Gomes dos Santos, disse que o atendimento foi nota 10, elogiou o acolhimento, a rapidez e a eficiência do trabalho. “O atendimento foi nota mil, antes precisávamos ir para outras cidades, agora os exames clínicos chegaram até a nossa porta, e ainda recebemos a atenção do prefeito aqui junto conosco”, disse dona Maura Lúcia. “Essa foi uma grande oportunidade para todos nós e fomos bem atendidos. Cheguei tarde aqui ao local, mas fui atendida rapidamente e gostei mui to. Está de parabéns o prefeito Robertinho por ter pensado na nossa comodidade”, destacou a dona Devanir Conceição.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui