Prefeitura inicia asfaltamento e ampliação de casas na Vila Vitória e faz doação de peixes

(Foto: Hadija)
Os moradores do Bairro Vila Vitória são os mais novos beneficiados com a frente de obras de pavimentação asfáltica executada no município de Porto Seguro. Assim como moradores de mais de 20 ruas do bairro Casas Novas, onde o meio-fio já está sendo construído nas ruas para receber o capeamento. Ao todo serão feitos 20.400 m² de asfalto, em solo com brita e capeamento de quatro centímetros.

Outra importante obra que começa na Vila Vitória é a reforma e ampliação de moradias que quando foram construídas, há duas gestões, o projeto não contemplou quartos. Agora, serão construídos quartos completos em 300 moradias. O pontapé inicial em ambas as obras aconteceu na manhã, do dia 19, quando o prefeito Abade falou sobre a necessidade de se levar mais espaço e conforto aos moradores dessas casas, e lançou a pedra fundamental da obra, que será realizada durante oito meses.

Abade frisou que priorizar bairros mais pobres como o Vila Vitória é uma promessa de sua campanha que está sendo cumprida agora. “Quero fazer por vocês o que nenhum outro governo fez. Asfalto nas principais ruas, ampliação das casas, além de uma quadra esportiva e um posto de saúde no bairro”, destacou o prefeito.

Transformando a realidade

O vereador Enildo da Gama (Rolo) parabenizou o prefeito pela iniciativa. “Estamos satisfeitos com a atenção que o Executivo dá às regiões mais necessitadas, atendendo às reivindicações do povo mais carente”, afirmou. Já o vereador, Dilmo Santiago, ressaltou que o governo municipal “também tem olhado para distritos, a exemplo de Arraial d’Ajuda que está recebendo calçamento em várias ruas de bairros periféricos”. O Vereador Marcos Rodrigues compartilha da mesma opinião. “Estamos juntos com o Executivo nessa missão de transformar a realidade das populações antes esquecidas”.

As obras são fruto da parceira entre a Prefeitura Municipal Governo Federal e Governo do Estado. Segundo o secretário de Obras, Luís Froes, essa obra, orçada em R$ 2 milhões, gerar mais de 100 empregos diretos.

A moradora do bairro, Cremilda Pereira, mãe de cinco filhos, agradeceu ao prefeito Abade por escolher a casa dela para ser a primeira a receber o quarto. “Eu durmo com os meus filhos embolados no chão, pois na casa não tem quarto e não cabe cama em nenhum dos dois cômodos. Eu agradeço ao prefeito Abade do fundo do meu coração, por se lembrar de nós”, disse ao prefeito, que abriu os primeiros buracos no local onde será feita a ampliação.

Também participaram do evento, o secretário de Administração, Lauro Setúbal; de Meio Ambiente, Élio Brasil; do Litoral Sul, Alencar Rocha; de Trânsito e Serviços Públicos, Sandy Esmero; de Educação, Dilza Reis; de Trabalho e Desenvolvimento Social, pastor João Portela.

Peixe para quem estuda

No mesmo dia, 200 famílias assistidas pelo Programa Todos Pela Alfabetização (Topa), foram beneficiadas com a doação de peixes, pela prefeitura de Porto Seguro. O prefeito, Gilberto Abade, fez a entrega na quadra do Buraco da Gia, também na manhã de segunda-feira (19/7).

Os beneficiados são os alunos do programa, que assistem às aulas em um dos quatro pólos de ensino no Complexo Baianão. Mas, ao todo, cerca de seis mil estudantes fazem parte do programa em todo o município. Trata-se de jovens, adultos e idosos que estão atrás de recuperar o tempo perdido, em busca de conhecimento.

Aluna mais idosa

Dona Josefa Francisca de Jesus, de 82 anos, é a aluna mais idosa do programa e foi a primeira a receber o peixe. “Estudar, mesmo na minha idade, me faz muito bem. Agora já posso assinar meu nome, ler receitas de comidas e visitar meus amigos sem ter problemas em ler os endereços”, fala satisfeita, agradecendo os peixes. “Vou comer fritinho no almoço”, conta.

Laurina Ferreira, de 70 anos, é outra que se matriculou há pouco mais de três meses. “Já aprendi a fazer algumas contas e não vou mais me sentir constrangida ao ter que assinar meu nome”, comemora, já com a sacola de peixes nas mãos. Ao perguntar sobre qual prato vai fazer, ela diz ter uma receita especial de moqueca que pretende experimentar.

A coordenadora do projeto, Inês Xavier, conta que o prefeito prometeu a entrega dos peixes, durante uma reunião realizada no mês passado, quando também alinharam medidas para tratar de atendimento oftalmológico para os alunos idosos do Topa.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui