Prefeitura e empresários se unem contra violência

A busca de alternativas para conter a onda de violência que vem assustando turistas e moradores no Arraial foi a pauta de uma reunião entre o prefeito de Porto Seguro, Gilberto Abade, entidades de classe e cerca de 20 empresários do Arraial, que aconteceu dia 31 de março, na nova sede da Secretaria Municipal de Turismo, na Passarela do Álcool. Os empresários apresentaram algumas sugestões de providências, que foram prontamente acatadas pelo prefeito. Abade também ofereceu propostas de ações a serem desenvolvidas pela Prefeitura, com o intuito de devolver a tranqüilidade ao Arraial e Porto Seguro.

“Estou indignado com alguns acontecimentos registrados. Cuidar da segurança pública é um dever do Estado e da União, mas nós não vamos medir esforços para melhorar a segurança de nossos moradores e visitantes. A violência é grande também em outros estados e municípios, mas nós temos que cuidar da nossa casa”, salientou o prefeito. Uma das sugestões dos empresários foi a instalação de duas câmeras de vídeo para monitorar o entorno da praça São Brás, no Centro do Arraial.

Abade se prontificou a dar a sua cota de participação pessoal num rateio proposto pelos empresários e destacou sua intenção de fazer um investimento maior da Prefeitura no sentido de ampliar o projeto, instalando mais câmeras em outras ruas, praças e avenidas de Arraial e Porto Seguro. “É uma boa saída para inibir o crime. Já estamos fazendo isso no Centro de Porto Seguro e vamos ampliar para outros locais, como a Orla Norte”, afirmou.
Mais policiamento

Os moradores do Arraial solicitaram ainda o empenho do prefeito para cobrar do Governo do Estado a implantação de um projeto já encaminhado pelo Conselho Comunitário de Segurança, que prevê a construção de um Disep (Distrito Integrado de Segurança Púbica), no Arraial. A partir da construção desse centro integrado das polícias Civil e Militar, seria possível também aumentar o efetivo policial e disponibilizar celas para carceragem no distrito. Atendendo a outro pedido dos moradores, Abade se dispôs a agendar um encontro e acompanhar o grupo em um encontro com o secretário de Segurança Pública da Bahia, César Nunes, em Salvador.

Outra reivindicação das lideranças, atendida pelo chefe do Executivo, foi o aumento da cota de combustível fornecida pela Prefeitura para as Polícias Civil e Militar. Eles encaminharam também a solicitações das polícias, para que a Prefeitura forneça ainda material de escritório e disponibilize um funcionário público para atuar como escrivão junto à delegacia. O prefeito se dispôs a atender a todos os pedidos e lembrou que Prefeitura já está arcando também com as despesas de aluguel e de limpeza das sedes das polícias Civil e Militar no Arraial.
Parceria de sucesso

A parceria bem sucedida entre a Prefeitura e os empresários de Porto Seguro para a divulgação do destino foi outro tema da reunião. “Este ano estamos investindo R$ 1 milhão na divulgação de Porto Seguro nos principais eventos de turismo do país, com a mesma contrapartida dos empresários. E o resultado foi que tivemos este ano o melhor Verão de todos os tempos”, assinalou o prefeito, convidando os empresários do Arraial a se juntar ao poder público municipal nas ações de promoção e divulgação dos atrativos e equipamentos do Litoral Sul. 

Além dos empresários de diversos segmentos do Arraial, participaram do encontro os secretários de Administração, Lauro Setúbal; Turismo, Paulo César Magalhães; Litoral Sul, Alencar; além de representantes do Conselho Comunitário do Arraial, Sociedade Amigos do Arraial, Associação dos Moradores da Estrada do Arraial, Associação do bairro São Francisco, Convention Bureau, CDL e Associação Comercial.

Hilda Rodrigues / Ascom da Prefeitura de Porto Seguro

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui