Prefeito Temóteo inaugura sede da Consaúde e garante que UMMI e HMTF já fazem parte do Consórcio

Descerramento da placa de inauguração do Consaúde. Fotos: Wesley Moral/Ascom PMTF

A assembleia geral ordinária dos membros da diretoria do Consórcio Interfederativo de Saúde do Extremo Sul da Bahia aconteceu na tarde de quarta-feira (31/01), na avenida Uirapuru, 2015, no bairro Monte Castelo, na cidade de Teixeira de Freitas

Estiveram presentes o Sr.Nelson Portela e a Sra. Molesine, representantes do Governo do Estado, o presidente do Consórcio, Temoteo Brito, prefeito de Teixeira de Freitas, juntamente o prefeito de Alcobaça, Leonardo Brito, Dinoel Carvalho, de Vereda, Zulma Pinheiro dos Santos, Itanhém, Sec. de Saúde Elan Wagner, de Itamaraju, o prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho, Uberlândia Carmo Pereira, Jucuruçu, com a principal finalidade de discutir assuntos pertinentes ao Consaúde.

Estiveram presentes representantes do Governo do Estado e dos municípios do Extremos Sul que compõem o Consaúde

O presidente Temóteo Alves de Brito deu abertura ao evento, relatando a situação da saúde na região e sugeriu ao representante do Governo do Estado que a gestão do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas fosse passada para o Consórcio. O Sr. Nelson Portela relatou das dificuldades encontradas pelos prefeitos para administrar seus municípios, falou dos trabalhos desenvolvimentos pelo Governo do Estado na região. Na continuidade, o município de Teixeira de Freitas, através do secretário de Saúde, Max Almeida, expôs a situação atual do Hospital Municipal de Saúde e fez uma comparação de outros municípios, do mesmo porte, e sugeriu que o HMTF tivesse uma gestão transferida pra o consórcio e, assim, conseguisse o aporte de recursos do Estado.

Ao final da assembleia, o prefeito Temóteo Alves de Brito falou ao Jornalismo d’Osollo que é uma satisfação receber Nelson Portela, coordenador do Consórcio Interfederativo de Saúde da Bahia. “Ttivemos muitas propostas para a saúde do extremo sul, com a presença de vários prefeitos, secretário e representantes do Extremo Sul da Bahia, que vieram prestigiar o evento, com a proposta do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas e a Unidade  Municipal Materno-Infantil (UMMI) fazerem parte do consórcio. Como é o hospital que atende a região e que já leva o nome de regional, nada é mais justo que pertencer a esse consórcio para atender bem a saúde do povo do Extremo Sul da Bahia”, explica o prefeito de Teixeira.

Nelson Portela relatou as dificuldades encontradas pelos prefeitos para administrar seus municípios, falou dos trabalhos desenvolvimentos pelo Governo do Estado

O secretário de Saúde, Max Almeida, disse que, “estamos iniciando um novo passo na organização  da saúde para nossa região. Anteriormente, falei que já estávamos provendo estudos que elevassem a saúde de Teixeira de Freitas e da região, como nosso tempo é curto, não podíamos perder tempo. Ainda nos primeiro dias estive com o Governo do Estado, com o secretário de Saúde Fabio Villas-Boas, já prevendo esse encontro que aconteceu nessa tarde do dia 31/01. Na realidade, nossa proposta, como região, é colocar  a maternidade e o hospital a serem administrados via consórcio, ou seja, o serviço municipal gerido de forma de consórcio”.

Sec. de Saúde de Itamaraju, Elan Wagner, Nelson Portela, Max Almeida e Temóteo Brito. Foto: Lenio Cidreira/OSollo

Ainda conforme Max, nesta reunião foi autorizada pelos prefeitos da região dar início aos estudos para viabilizar a mudança, “na realidade, não é simplesmente passar os hospitais para o consórcio, não é isso, tem que se prover um estudo em metodologia pra que esse financiamento saia do município de Teixeira de Freitas, junto com o Governo Estadual, para que se faça uma forma de gestão dos hospitais, é isso que foi autorizado nessa reunião. O tema foi muito bem aceito pelos prefeitos, o prefeito Temoteo Brito está cumprindo com o compromisso de alavancar a saúde da nossa região, da população de Teixeira de Freitas, e veio presidir essa reunião para poder concretizar essa promessa dele”, explica o secretário.

Com base no exposto na reunião, entende-se que as grandes vantagens organizacionais estão em fazer um elo com o Estado na divisão dos custos. A região é uma das poucas que não tem hospital do Estado, “quando a gente compara Teixeira de Freitas com outras regiões da Bahia, com Barreiras e Jequié, têm populações semelhantes, a gente vai ver que o braço do Estado fortalece aquela região, então, hoje, quando colocamos o Estado pra participar dessa gestão, significa dizer que vai ter uma reforma mais pontual, mais ágil, quando levamos a administração dos hospitais para serem administradas via consórcio, a forma de compra é mais rápida, a forma de contratação é mais rápida, a burocracia do consórcio é mais ágil, e com a agilidade de todo o processo resulta em salvar vidas, que é a nossa grande militância hoje”, disse Max Almeida.

Mapa da abrangência. Foto: ConsaúdeO secretário de Saúde do município de Itamaraju, Elan Wagner, representando o prefeito Marcelo Angênica, falou que é muito importante esse espaço de discussão, “a nova sede do consórcio de Teixeira, que vai nos trazer mais segurança, de ter um espaço amplo e é isso que a saúde precisa, discutimos vários assuntos pertinentes à saúde, pra nós foi uma grande vitória, conseguir colocar Itamaraju nesse bloco, haja vista que toda a estrutura hoje é representada por Teixeira de Freitas no hospital regional e na UMMI e, nós, aqui, o que fizemos no  Hospital Municipal de Itamaraju e conseguimos incluir no estudo que vai ser feito, para enxergar a viabilidade de se colocar essas três unidades de saúde nesse modelo de saúde, assim, como está a Policlínica de Saúde, sendo assim, pra nós é uma vitória, a gente conseguindo avançar nisso, Itamaraju vai conseguir ter mais recursos, ofertar mais serviços à nossa população, tanto local, como regional”, falou o secretário, otimista com o fato de que o hospital de Itamaraju também poderá entrar no Consórcio.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui