Prefeito de Itabela é multado por gastos irrazoáveis com festejos municipais

alt

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (14/06), multou em R$20 mil o prefeito de Itabela, Paulo Ernesto Pessanha da Silva, por irregularidades nas contratações de atrações artísticas e serviços de infraestrutura, no montante total de R$1.932.780.00, pago à empresa Jackson S. Silva Produções, com vistas à realização da 10ª Festa do Café Conillon.

A relatoria comprovou a existência de irregularidades nas contratações de atrações artísticas, uma vez que algumas das empresas que cederam poderes de representação não comprovaram a condição de empresários exclusivos desses artistas. Também não foram apresentadas as justificativas para escolha das atrações artísticas contratadas e do preço objeto das contratações, bem como para a irrazoabilidade dos gastos com a locação de serviços de infraestrutura.

Cabe recurso da decisão.

Assessoria de Comunicação

Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui