Prefeita de Porto Seguro exonera servidora condenada por tráfico

Prefeita Cláudia Oliveira, de Porto Seguro. Foto reprodução internet

Após ter nomeado para o cargo de assessora de gabinete do Executivo Municipal Eduani Elize dos Santos, que responde a um processo por tráfico de drogas e uso indevido de entorpecentes, a prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, foi exposta a críticas e o assunto virou notícia em diversos sites.
Eduani recebeu liberdade provisória do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas no dia 31 de agosto de 2016 e desde então segue em busca de uma conduta socialmente correta, sendo nomeada para o cargo público em Porto Seguro no último dia 10.

O Ministério Público do Estado (MP-BA) pediu explicações ao município sobre a nomeação e a prefeita informou que não via ilegalidade na nomeação, pois apesar da assessora ter sido condenada por tráfico de drogas, ela estava apta a exercer cargos públicos. No entanto, a exoneração de Eduani foi publicada no Diário Oficial da cidade ontem, 19 de abril.

A exoneração atende uma recomendação do MP-BA, de que condenados por tráfico de drogas não podem assumir cargos comissionados. Eduani está em liberdade provisória desde agosto de 2016 e a pena deve ser cumprida até o ano que vem.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui