PPL nega que chegada de Uldurico Jr. provocou esvaziamento do partido

Uldurico Junior é o novo líder do PPL na Bahia. Foto Foco no Poder

O deputado federal Uldurico Junior, na última sexta-feira (6/04), anunciou seu desligamento do Partido Verde (PV) para ingressar no Partido da Pátria Livre (PPL), no qual também será presidente estadual, como no PV.

Segundo o site Bahia Notícias, a saída de Uldurico foi motivada por receio de que, caso continuasse no PV, tivesse dificuldades de se reeleger. Como há probabilidade de a agremiação coligar com outros partidos maiores na proporcional, o parlamentar precisaria de uma votação mais expressiva para continuar na Câmara.

Ainda conforme o Bahia Notícias, o ex-presidente estadual do partido, Ivanilson Gomes, e a vereadora Marcelle Moraes, serão candidatos a deputados federais pelo partido, aumentando a concorrência interna. Como o PPL é considerado uma legenda menor, o deputado precisaria de menos votos para se eleger.

Em nota, Uldurico disse que busca “novos horizontes em sua vida política” com a mudança partidária. “Tenho muito a agradecer pela acolhida e apoio que recebi durante esse tempo em que estive no Partido Verde. Gostaria também de reafirmar que a parceria será sempre mantida e continuaremos juntos na luta pela aprovação de projetos que sejam benéficos para a sustentabilidade ambiental do nosso país”, afirmou o parlamentar.

Marcelo Barreto, ex-presidente do PPL na Bahia, emitiu nota em que afirma que 17 pré-candidatos ao cargo de deputado estadual, 10 pré-candidatos a deputado federal, candidato à governador e ao senado, além de membros da executiva estadual se transferiram ao Partido Socialista Democrático Cristão (PSDC) após a chegada de Uldurico.

Após sua nota, o PPL emitiu uma resposta, na qual informa que:

O dirigente sindical Ubiraci Dantas de Oliveira, presidente da Central Sindical (CGTB) permanece compondo a executiva estadual da legenda onde agora ocupa o cargo de vice-presidente. É importante ressaltar, que o Bira, como é popularmente conhecido foi um dos principais articuladores da atual composição partidária da legenda no estado.

Ainda dentro do prazo legal, o PPL incorporou uma quantidade considerável de candidaturas a deputados federais e estaduais, sendo mais de setenta novos companheiros, o que garante uma estimativa considerável de ampliar o quadro de parlamentares eleitos pela legenda nas eleições do corrente ano, no mínimo três vagas de deputados estaduais e dois deputados federais.

O PPL ressalta ainda, que, permanece aberto ao propósito de apoiar uma candidatura de terceira via, não necessariamente do PPL, com a formação de coligações que apresentem projetos benéficos para o estado da Bahia e para o Brasil. 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui