Porto Seguro marca um golaço contra a paralisia infantil

A vacinação no município está acima das médias estadual e nacional

O município de Porto Seguro vacinou, até hoje, nove mil e duzentas crianças menores de cinco anos contra a poliomielite, mas conhecida como paralisia infantil. Os números correspondem a mais de 66% do total de crianças que deverão ser imunizadas até o dia 30 de junho, prazo final para a aplicação da primeira dose. Com este percentual, o município alcançou uma média acima da estadual (42,6%) e da nacional (64%) – Fonte DATA-SUS, além de apresentar a melhor cobertura parcial das cidades que compõem a 8ª Dires.

A estratégia de vacinação

Desde o dia 7, as equipes de vacinação estão visitando as áreas rurais com a finalidade de imunizar as crianças que moram em localidades mais distantes. No dia 12, Dia da Nacional de Vacinação, além dos 20 postos de saúde abertos, foram montados 28 postos volantes, para atender a quem passava pelos locais de maior concentração. Alunos da Faculdade Ciências Médicas atuaram em parceria com as equipes e com o Zé Gotinha, mascote da campanha, que fez a animação da garotada no Trenzinho da Alegria.

Pedro, de 3 anos, foi levado ao posto pela mamãe Lara, que sabe que é fundamental proteger o filho contra a paralisia infantil. “Gosto de vê-lo correndo, brincando e saltando com toda a felicidade de uma criança saudável. Por isso, tenho todo cuidado com a vacinação”, afirmou. O pequeno Inácio, já está perto de completar 5 anos. No posto, comemorou: “Já estou protegido!”. Aos 4 meses, Samira foi ao posto pela primeira vez para vacinar contra a paralisia.

Gripe H1N1

Nos diversos postos de saúde do município, além da vacina contra paralisia infantil, os profissionais de saúde aproveitaram a mobilização nacional para atualizar o calendário de vacinação das crianças também com a imunização contra a gripe H1N1, para aquelas com idade de dois a menos de cinco anos. Valentina, de 3 anos, chorou um pouquinho, mas se vacinou contra a gripe H1N1. Também foram vacinados os demais grupos prioritários. Foi o caso de Dona Nilma Nascimento, 59, hipertensa. “Vim vacinar minha neta e agora sei que vou passar o inverno mais tranqüila.” Em Porto Seguro, mais de 50 mil pessoas já foram vacinadas contra o vírus da influenza pandêmica.

De acordo com o secretário de Saúde Messias Boaventura, o objetivo é manter a imunização dos moradores de Porto Seguro entre aquelas com maior cobertura no país. Para o prefeito Abade, esta é uma das metas prioritárias para o trabalho de prevenção que a saúde do município vem realizando.

 

Fonte: Ascom da Secretaria de Saúde de Porto Seguro

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui