Porto Seguro: Animais de rua estão com os dias contados

Por Daniel do Valle |

Centro de Controle de Zoonoses desenvolve ações de monitoramento ambiental e sanitário da população animal no município

Porto Seguro agora conta com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e a realização de programas de monitoramento ambiental e sanitário da população animal. A iniciativa pioneira no município desenvolve trabalhos de prevenção, proteção e promoção da saúde pública, por meio da vigilância e controle de animais domésticos, entre outros venenosos e peçonhentos.

A sede do CCZ está sendo construída próxima ao Centro de Convenções, na margem da BR367. A inauguração está prevista para o segundo semestre deste ano. Além de um canil e gatil, haverá uma clínica veterinária como suporte para o atendimento dos animais e uma caminhonete de apoio “carrocinha”, que está em processo licitatório.

A diretora da Vigilância Ambiental, Ellen Domiciano, explica que atualmente existe a remoção de animais apenas em casos extremos, mas o serviço estará disponível em breve, com patrulhamento e captura nas ruas da cidade. “Realizamos um trabalho educacional com os proprietários, fazemos apuração de denúncias, campanhas de vacinação, tratamento de doenças, vacinação contra a raiva, monitoramento de criações irregulares, em uma atuação junto às Secretarias Municipais de Vigilância Sanitária e Saúde.”

Trabalho pioneiro

Ellen ressalta que em Porto Seguro nunca houve um Centro de Controle de Zoonoses. “A atual administração municipal entrou com o processo de licenciamento e buscou amparo legal para criação do CCZ, desde o início do governo. Um regimento interno foi elaborado e aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde, na busca por amparo legal. As atividades tiveram início no começo deste ano, com sucesso”, acrescenta.

Para a prefeita Cláudia Oliveira, o objetivo do Centro de Controle de Zoonoses é promover o bem estar e a posse responsável dos animais, buscando atender prontamente às solicitações da população, priorizando a qualidade dos serviços, bem como a preocupação com o meio ambiente urbano e a saúde da população e dos animais.

De acordo com o médico veterinário Everton Rusciolleli, responsável pelo Centro de Cirurgias do CCZ, mutirões de castração também estão previstos em parceria com outros veterinários da região. “Nosso objetivo é recolher, tratar, castrar e doar os animais de rua. O CCZ será um local de passagem e não abrigo definitivo. Os serviços serão ainda oferecidos aos proprietários de animais, com baixa renda, a custo reduzido. Ao contrário do que muitos pensam, só haverá sacrifício em casos extremos de doenças incuráveis,” explica.

As denúncias e reclamações podem ser encaminhadas ao Centro de Controle de Zoonoses de Porto Seguro, através do número (73) 3288 – 5172(73) 3288 – 5172.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui