Polícia prende em flagrante acusados de matar e decepar pênis de idoso em Itamaraju

Casal que matou idoso em Itamaraju é preso em flagrante. Foto: Sulbahianews

Foram presos em flagrante na quarta-feira, 14 de agosto, após investigações da Polícia Civil de Itamaraju, Eliane de Jesus Oliveira, de 25 anos, e Valdinei Jesus dos Santos, o “Nei”,  acusados de matar, durante a madrugada, Benedito Gonçalves Dória, de 54 anos. Crime ocorrido no interior da casa da vítima, no bairro Liberdade.

Benedito foi achado morto no interior de sua residência por volta das 9 horas, quando a Polícia Civil iniciou as investigações. O morador foi espancado até a morte e teve o órgão genital decepado, ele morava sozinho e teve objetos subtraídos.

Os investigadores, desde o conhecimento do fato, realizaram diligências para identificar os autores do crime, bem como esclarecer a motivação. As incursões perduraram durante toda a tarde e início da noite, quando os agentes obtiveram informações de que Valdinei estaria vendendo um rádio em via pública que havia sido roubado na casa da vítima.

Após a identificação e localização de Valdinei, também foi possível localizar a Eliane, que confessou que estava na companhia de seu amigo de “goró”, o Valdinei, e que haviam bebido muito juntos, quando passavam pela rua e viram o portão da casa da vítima aberto, momento em que resolveram entrar para roubar. Segundo Eliane, ela e seu comparsa já tinham conhecimento de que Benedito morava sozinho e decidiram praticar o roubo.

Ela contou ainda que ao adentrar na residência, se depararam com a vítima, que tentou reagir, porém, Valdinei, de posse de um pedaço de pau, desferiu um golpe na cabeça da vítima, que caiu no chão. Em seguida, Eliane começou a recolher os pertencentes de Benedito,enquanto seu comparsa Valdinei continuava agredindo a vítima caída no chão.

Quando Eliane retornou com os objetos, a vítima já se encontrava no chão, sangrando, momento em que saiu com “Nei” e foram embora, cada um para sua casa.

Ao amanhecer, ela disse que foi até a casa de Valdinei, entregou o rádio, o relógio e os mantimentos para vender.  O relógio foi vendido por R$ 10,00 e os mantimentos por R$ 20,00. Segundo Eliane, a intenção era roubar e não matar.

Eliane de Jesus Oliveira e Valdinei Jesus dos Santos foram presos em flagrante pelo crime de latrocínio, cuja pena máxima pode chegar a 20 anos. Os dois serão recambiados para a carceragem da 8ª Coorpin, em Teixeira de Freitas, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui