Polícia Civil prende pintor em Serra/ES e elucida 02 homicídios em Itamaraju e Prado

Jonathas da Silva Santos, autor confesso de dois homicídios. Foto Lenio Cidreira/OSollo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O delegado da Polícia Civil Marco Antônio Neves apresentou o resultado de uma ação em parceria com a Delegacia de Homicídios de Serra, no Espírito Santo. Por determinação da delegada titular, Rosângela Santos, o delegado Marco Antônio realizou os trabalhos com sua equipe e apresentou na manhã de terça-feira (19), na 8ª Coorpin, em Teixeira de Freitas, Jonathas da Silva Santos, 22 anos.

Preso e transferido para a Bahia pela equipe da Polícia Civil de Itamaraju, Jonathas é acusado de ter praticado dois homicídios, sendo um no bairro Primavera, em Itamaraju, e outro na cidade do Prado.

No crime ocorrido em Itamaraju, Jonathas disse que estava com a sua companheira quando foi afrontando e atingido por um tapa no rosto. Já sobre o crime do Prado, ele disse que estavam vendo um jogo e depois aconteceu o crime.

O homicídio no Prado ocorreu em 2014 e o de Itamaraju, em outubro deste ano. O jovem confessou os crimes e disse que agiu em legítima defesa. Em entrevista, o delegado Marco Antônio falou do trabalho da Polícia Civil de Itamaraju e agradeceu ao apoio da Polícia Civil do Espírito Santo.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui