PGE solicita ao Tribunal de Justiça extensão de suspensão de liminar que determina volta às aulas

PGE solicita ao Tribunal de Justiça extensão de suspensão de liminar que determina volta às aulas. Foto: Reprodução

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) ingressou no domingo, 14 de fevereiro, junto ao Tribunal de Justiça, com um pedido de extensão em suspensão de liminar para a nova decisão do Juízo de Direito da 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, que desta vez ordena o imediato retorno das atividades letivas presenciais no Estado da Bahia e no Município de Salvador. O novo processo judicial é uma Ação Civil Pública proposta pelo Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia.

Segundo a PGE, as mesmas razões que motivaram o pedido de suspensão da liminar na ação popular, impetrado na sexta-feira, 12 de fevereiro, se aplicam a esta nova decisão, proferida na ação civil pública.

Segundo o Estado da Bahia, as decisões judiciais do Juízo da 6ª Vara da Fazenda Pública foram proferidas no mesmo momento em que se constata o recrudescimento da pandemia no Estado da Bahia, com elevação do número de casos e de mortes pela Covid-19.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui