PF indicia políticos e empresários do sul da Bahia

A Operação Vassoura-de-Bruxa, deflagrada em dezembro de 2008 pela Polícia Federal, resultou no indiciamento de empresários e políticos de mais de 30 municípios do sul e sudoeste baianos. “Nós indiciamos prefeitos, ex-prefeitos e secretários por envolvimento direto e em alguns casos por omissão em um esquema de desvio de verbas, fraudes licitatórias, manutenção de caixa-dois e outros crimes de improbidade administrativa. Não podemos passar mais informações porque o inquérito está em andamento”, declarou o delegado Eduardo Assis, que comandou a operação.

O delegado confirmou o indiciamento do ex-prefeito Fernando Gomes (PMDB), de Itabuna, o ex-prefeito Valderico Reis (PMDB), o atual gestor, Newton Lima, de Ilhéus (PSB), e a ex-prefeita de Ibicaraí Monalisa Tavares (PMDB),por desvio de dinheiro público das áreas de saúde e educação e licitações fraudulentas no período de 2005 a 2008, além de empresários da região sul.

De acordo com Aucides Kruschewisky, chefe de gabinete do prefeito de Ilhéus, o indiciamento do atual gestor é infundado. “O prefeito Newton Lima não vai se manifestar ainda sobre o assunto, pois não teve acesso aos autos do processo”, explicou Aucides. Luiz Coelho, advogado do ex-prefeito de Ilhéus Valderico Reis, também afirmou que o ex-prefeito não se manifestaria sobre o assunto porque desconhece o indiciamento.

O ex-prefeito de Itabuna Fernando Gomes não foi encontrado.

Fonte: A Tarde

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui