Petrobras anuncia venda de 28 campos de produção na Bahia

Petrobras anuncia venda de 28 campos de produção na Bahia – Foto: Paulo Whitaker/Reprodução

A Petrobras anunciou, na quarta-feira, 4 de novembro, que iniciou a etapa de divulgação da oportunidade (teaser) referente à venda da totalidade das participações em um conjunto de 28 concessões de campos de produção terrestres, com instalações integradas, do Polo Bahia Terra, localizadas em diferentes cidades do estado.

A empresa pontuou que também fazem parte do Polo Bahia Terra e, consequentemente da oferta, dois parques de estocagem e movimentação de petróleo com infraestrutura de recebimento, armazenamento e escoamento do petróleo para a Refinaria Landulfo Alves (RLAM), além da UPGN de Catu e 10 subestações elétricas.

O teaser, que contém as principais informações sobre a oportunidade, além dos critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da Petrobras.

A estatal explicou ainda que poderão ser incluídas no processo de cessão do Polo Bahia Terra as concessões correspondentes aos Polos de Miranga e/ou Recôncavo (referenciados nos fatos relevantes de 28/08/2017 e 03/06/2019, respectivamente), mas que, caso isso ocorra, será divulgado.

A previsão é que as principais etapas subsequentes do projeto sejam informadas ao mercado. A Petrobras contou ainda que essa operação de venda está “alinhada à estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia, passando a concentrar cada vez mais os seus recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultra profundas, onde a Petrobras tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos”.

Polo Bahia Terra

O Polo Bahia Terra compreende 28 concessões de produção terrestres, localizadas em diferentes municípios do estado da Bahia, além de incluir acesso à infraestrutura de processamento, logística, armazenamento, transporte e escoamento de petróleo e gás natural.

O Polo possui cerca de 1.700 poços em operação, 19 estações coletoras, 12 pontos de coleta, 2 estações de tratamento de óleo, 6 estações coletoras e compressoras, 4 estações de injeção de água, aproximadamente 980 km de gasodutos e oleodutos, além das bases administrativas de Taquipe, Santiago, Buracica, Araçás e Fazenda Bálsamo.

Também fazem parte do Polo Bahia Terra dois parques de estocagem e movimentação de petróleo com toda a infraestrutura de recebimento, armazenamento e escoamento do petróleo para a Refinaria Landulfo Alves (RLAM). Além disso, o Polo contempla a UPGN de Catu e 10 subestações elétricas.

A produção média do Polo de janeiro a agosto de 2020 foi de cerca de 14 mil barris de óleo por dia e 642 mil m3/dia de gás. A Petrobras é a operadora nesses campos, com 100% de participação.

Fonte: G1 BA

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui