Pensamento mágico!

“Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4.13)

Quando lidamos com as Escrituras e o fazemos de maneira superficial, apressadamente, agindo como se ela estivesse nos dizendo exatamente o que gostaríamos que dissesse, estamos nos encaminhando para uma vida espiritual pobre e imatura. Em lugar de cristãos firmes, seremos religiosos empolgados. Construiremos ideias e confiaremos em pensamentos que a vida se encarregará de jogar por terra. Há muita gente assim, desconstruída em sua fé e relacionamento com Deus. Decepcionaram-se porque Deus não fez o que elas tinham certeza que Ele faria. Desencantaram-se da fé que lhes dizia que a vida seria algo que não se confirmou. Talvez tratem-se de pessoas que foram contaminadas com uma fé que criou nelas a síndrome do pensamento mágico.

O pensamento mágico seria a ideia de que basta agradar a Deus e tudo mais nos acontecerá de maneira favorável. Case virgem e será feliz. Dê o dízimo e jamais terá problema financeiro. Confie em Deus e o melhor sempre acontecerá com você. Creia em Jesus e você será capaz de fazer qualquer coisa, tudo poderá naquele que fortalece você. Não há dúvida que a vida com Deus é bem melhor e Ele nos abençoa. Mas um casamento exige mais, o equilíbrio financeiro exige mais e a vida pode ser difícil, mesmo para quem confia em Deus. É preciso amadurecer e aprender a ser um bom cônjuge. É preciso aprender a viver no orçamente e a fazer um bom orçamento. O pensamento mágico é quando achamos que a vida pode funcionar sem nosso autocuidado, zelo e aprendizado. Esperando que tudo fosse se encaixar como que por um passe de mágica porque cremos, oramos e evitamos certos pecados ou o que julgamos ser pecado.

Como refletimos ontem, posso todas as coisas naquele que me fortalece não é uma ideia mágica. É um texto que refere-se muito mais a ser um sobrevivente, um “superador” de crises, do que um conquistador, um ser imbatível. O que frustra tantos na fé cristã é o fato de ser uma fé da vida, do espaço comum, que não pressupõe a isenção de dores ou lutas e nem uma garantia de alegrias e conquistas. Gostamos de cantar que tudo que minhas mãos tocarem meus pés pisarem será meu! De onde veio isso? A vida é de outra natureza e a fé também. Deus nos ama e, sim, está conosco e é favorável a nós. Mas tudo isso não elimina a necessidade de nos esforçarmos, aprendermos, buscarmos respostas, ajuda e apoio. Não nos livra de perplexidades, sustos e mesmo de injustiças e perdas. De fato, podemos tudo naquele que nos fortalece! Mas não se trata de um pensamento mágico.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui