Paulo Souto participa de missa pelos 87 anos de ACM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Antonio Carlos Magalhães nos ensinou a fazer da política um ato de amor à Bahia”, disse o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, na manhã desta quinta-feira (04), quando, acompanhado da esposa, Maria Isabel, participou da missa em celebração aos 87 anos de nascimento do senador ACM, no Santuário da Imaculada Conceição Mãe de Deus (Igreja de Irmã Dulce).

Na missa celebrada pelo Frei Cristóvão, Paulo Souto e os companheiros de chapa, Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador), além do presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, se congratularam com a viúva Arlete Magalhães, o prefeito ACM Neto e demais familiares daquele que ficou popularmente conhecido como “Cabeça Branca”.

A forma carinhosa como ACM era tratado pelo povo da Bahia foi destacada pelo Frei Cristóvão em seu sermão: “Sempre próximo de todos os baianos, mesmo quando ocupou os mais altos cargos da República, ACM tinha o cheiro do povo, que o chamava de cabeça branca pela sua mente iluminada, que gozava de grande sabedoria. Com seu destemor, ele fazia o que precisava ser feito pelo bem da Bahia. Grande líder, ele foi o formador das maiores lideranças do estado”.

 

 

 

Fonte: Secom

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui