Pastor de Valença é preso com 133 quilos de maconha, na fronteira com o Paraguai

Foi preso pela Polícia rodoviária estadual de Amambai, na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Tacuru – MS, o pastor Manoel Cândido da Paz, de 43 anos. Segundo a polícia a prisão ocorreu no posto da PR, durante uma abordagem de rotina. Os policiais suspeitaram do comportamento de Manoel e solicitaram que abrisse o carro para uma revista mais detalhada, neste momento o acusado apresentou uma carteira identificando-se como pastor afirmando que como pastor nada o obrigaria a abrir o carro. Os polícias fizeram a revista e encontrou 133 quilos de maconha, a droga, estava dividida em tabletes, eram transportadas em fundos falsos, os chamados “mocós”, no interior de um veículo Fiat Pálio, cor branca, placas DUN 0962 de Pradópolis-SP, que era conduzido pelo religioso.

Manoel disse em depoimento a polícia que a droga seguia para Salvador e em seguida para Valença, a 278 km da capital, e tratava-se de uma encomenda de um traficante da cidade. Ele pegou o veículo com a droga na cidade de Paranhos, na fronteira com o Paraguai e receberia R$ 7 mil reais para levar o carro com a maconha até sua cidade de origem. Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Amambai juntamente com o carro e a droga apreendida, Manoel da Paz, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e conduzido ao EPAM (Estabelecimento Penal de Amambai), onde permanecerá preso à disposição da Justiça.

 

Fonte: Giro de Ipiaú

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui