Pasta de Negromonte perde R$8,5 bi

Ministro das Cidades, Mário Negromonte
A tão vitaminada pasta federal ocupada pelo baiano Mário Negromonte, a da Cidades, foi a que mais sentiu o corte de R$ 50 bilhões anunciado pelos ministros Miriam Belchior (Planejamento) e Guido Mantega (Fazenda) nesta segunda-feira (28). Para se ter uma idéia do tamanho da tesoura no orçamento comandado pelo pepista, o corte nominal de R$ 8,577 bilhões, valor maior que a redução de outras 15 pastas juntas – todos os 37 ministérios foram penalizados. A segunda pasta que mais perdeu foi Defesa, com R$4,3 bilhões – esta verba estava destinada para a compra de novos caças. Houve, contudo, um acréscimo de R$ 3,5 bilhões em créditos extraordinários para o Nordeste e a Amazônia. O governo anunciou que o corte de despesas no Orçamento deste ano irá afetar o programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. O programa terá uma contenção de mais de R$ 5 bilhões, o que representa 40% de corte – passará de R$ 12,7 bilhões para R$7,6 bilhões.

Fonte: Bahia Notícias

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui