Parque Ecológico sagrou-se bicampeã do Campeonato Municipal de Porto Seguro

Parque Ecológico sagrou-se bicampeã do Campeonato Municipal de Porto Seguro. Fotos Ascom

Após três meses de competição, a final do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Porto Seguro foi eletrizante nesta manhã, esquentando o coração de uma multidão de torcedores porto-segurenses que acompanharam neste domingo, 29 de julho, o grande jogo entre Parque Ecológico x Mirante, no Estádio Municipal Agnaldo Bento.

Com jogo equilibrado do início a fim, em que os dois times procuraram o gol a todo moento, a partida terminou em 0 x 0, sendo que o Parque Ecológico esteve com um jogador a meno em boa parte do tempo, fato que não teve proveito do time adversário..

A disputa então foi para os pênaltis com conversão de cinco para cada equipe, chegando-se no mata-mata. Após o jogador Gordão, do Mirante, perder o sétimo pênalti, chutando por cima da trave, o atacante Jó Oliveira acertou a rede, possibilitando ao time do Parque Ecológico sagrar-se bicampeão do campeonato.

Premiação

A premiação com troféu que leva o nome de Isabel Costa, filha de dona Marizélia Costa, que entregou o prêmio para a equipe campeã. A equipe vice-campeã recebeu o troféu com o nome da musa do futebol de Porto Seguro, Marlene.

O artilheiro da competiçao foi Jó Oliveira com cinco gols, o goleiro menos vazado foi Gargamel, o melhor jogador foi Galego, e o melhor técnico foi o do Mist – Cruzeiro, de Eunápoilis. Os árbitros atuantes do campeonato foram homenageados com certificados, assim como alguns amigos do futebol que apoiaram a iniciativa, como os secretários de Esporte e Lazer, Enildo da Gama (Roló); Relações Institucionais, Maurício Pedrosa e o de Finanças, Davi Dultra. 

Todo o evento foi organizado pela Liga de Futebol de Porto Seguro, apoiada pela Prefeitura de Porto Seguro e chancela da Federação Baiana de Futebol. “Estamos muito satisfeitos com o empenho dos clubes, o espírito esportivo que envolveu toda a competição, com a comunidade que vibrou a cada jogo e, sobretudo, com o apoio da gestão municipal, que sem ela, seria impossível fazer um evento competitivo desta magnitude, diz o presidente da Liga, Cristiano Ferreira, também agradecendo às empresas parcerias.

“Deu certo. Estamos vendo o resultado de forma muito positiva: estímulo ao talento local, proporcionando qualidade de vida,lazer e esporte para o jovens, bem como estimulando a cidadania e trabalho preventivo por meio da prática esportiva que sempre vem promovendo a inclusão social”, frisa o secretário da pasta esportiva, Enildo da Gama, em nome da prefeita, Cláudia Oliveira, que não polpou esforço para que o campeonato fosse um sucesso.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui