Parangolé recebe um “processation”

Nem só de flores vive o Parangolé, que está rindo à toa com o sucesso nacional que vem fazendo depois do Rebolation. Agora, o Parango vai ter é um dor de cabeça com um “processation” que vai levar da produção do Perna-Longa. O evento que acontece há sete anos em Juazeiro e foi realizado entre os dias 25 e 26 de dezembro deste ano, contou com as apresentações das bandas Duas Medidas, Harmonia do Samba, Tomate, Parangolé, Nosso Jeito, A5, Xexéu e Alan Cleber. O Parangolé deveria subir ao palco às 21h30 – conforme estava combinado em contrato – mas só deu início ao seu show por volta de 1h40 da madrugada. Segundo a banda baiana, este imprevisto se deu pelo fato de um pneu ter furado na estrada e por ter passado 2 horas na Policia Rodoviária Estadual devido a um pára-brisa que foi atingido por uma pedra.

 As “desculpas” não convenceram a produção do evento, que, através de um comunicado oficial, esclareceu que “mesmo com essas justificativas, a responsabilidade da banda não é isenta. Afinal, uma banda do porte de Parangolé, não tem necessidade de estar realizando dois shows no mesmo dia, já que podem acontecer imprevistos. O Perna-Longa Entretenimento se sentiu lesada e tomará medidas judiciais cabíveis. A produtora, em respeito aos seus associados, agradece aqueles que esperaram até o grupo chegar e pede desculpas àqueles que não puderam ficar até o final. E ainda explica que a única culpa que a produção da festa teve nesse episódio, foi de ter contratado uma banda irresponsável para o maior evento de camisa da região do Vale do São Francisco”, dizia o comunicado.

Fonte: Bahia Notícias

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui