Paciente da zona rural é primeiro caso de coronavírus em Belmonte

Paciente da zona rural é primeiro caso de coronavírus em Belmonte. Foto reprodução

Belmonte confirmou na tarde de quarta-feira, 01 de abril, o primeiro caso de coronavírus. O paciente é um trabalhador de uma fazenda no distrito de Santa Maria Eterna; ele tem 37 anos e está há 12 dias em isolamento no hospital público municipal.

“Ele passa bem e está perto de terminar o período de quarentena, daqui a mais três dias”, informou Janival Andrade, prefeito de Belmonte, que prosseguiu relatando que o o lavrador pode ter sido infectado pelo patrão, que mora em Linhares, no Espírito Santo, e esteve em Santa Maria Eterna para visitar a propriedade rural. “O paciente relatou que o empregador estava gripado e usava máscara de proteção”, destacou.

O homem começou a apresentar os primeiros sintomas no dia 21 de março, quando procurou o posto de saúde de Santa Maria Eterna. Depois, ele foi transferido para o hospital de Belmonte, onde foram colhidas amostras e enviadas ao Lacen, em Salvador.

Embora o resultado tenha saída apenas nesta quarta, a Secretaria de Saúde orientou os familiares do trabalhador rural a ficarem em isolamento domiciliar na fazenda.

As autoridades em saúde de Belmonte já tentaram contato com o fazendeiro no Espírito Santo, mas ainda não conseguiram. “A gente precisa saber se ele também atestou positivo e se manteve aproximação com mais pessoas em Santa Maria Eterna”, explica o prefeito Janival.

O decreto que determinou o fechamento do comércio e trouxe outras medidas para impedir a disseminação do coronavírus foi prorrogado por mais 15 dias na cidade, que também realiza barreira sanitária na entrada do município. As pessoas que estão chegando passam por entrevista, recebem orientações e têm a temperatura corporal aferida.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui