Os números da covid-19 na Bahia e no Brasil até a noite de domingo (10)

Os números da covid-19 na Bahia e no Brasil até a noite de domingo (10). Foto: EBC

Conforme o último boletim da Sesab, divulgado na noite deste domingo, 10 de maio, a Bahia registra 5.558 casos confirmados de covid-19, o que representa 27,66% do total de casos notificados no estado.

Atualmente, o número oficial de pacientes recuperados é de 1.391; no domingo, o estado ultrapassou os 200 mortos, registrando 202 óbitos. As últimas notificações incluem o “199° óbito: homem de 36 anos, residente em Porto Seguro, sem histórico de comorbidades. O paciente estava internado em um hospital público no município de Porto Seguro, vindo a falecer ontem (9).”

Até a noite de domingo, 3.965 pessoas permaneciam monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 171 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (66,05%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Ipiaú (2.441,52), Uruçuca (2.095,62), Ilhéus (1.792,68), Itabuna (1.538,30) e Salvador (1.277,70).

O boletim epidemiológico registra 10.864 casos descartados e 20.097 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 888 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 444 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 50%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 422 leitos exclusivos para o coronavírus, 229 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 54,3%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Covid-19 no Brasil

O Ministério da Saúde registrou, até as 19h de domingo (10), 162.699 casos de coronavírus em todo o Brasil e 11.123 mortes provocadas pela doença. As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o país.

Do total de casos confirmados, 64.957 são considerados recuperados (39,9%) e outros 86.619 estão em acompanhamento (53,2%).

Nas últimas 24 horas, foram registrados 6.760 casos nos sistemas oficiais do Governo Federal, além de 496 novos óbitos, dos quais 132 ocorreram nos últimos três dias. Ou seja, a maior parte das mortes refere-se a outros períodos, mas foi inscrita de ontem para hoje após investigação concluída ou em andamento. Outros 1.892 óbitos seguem em investigação.

Veja o detalhamento de casos e óbitos por UF

Apesar de muitos municípios brasileiros ainda não registrarem casos confirmados nem óbitos da doença, de maneira geral o coronavírus está presente em todos os estados brasileiros. São Paulo segue concentrando a maior parte das notificações, com 44.411 casos e 3.608 mortes, seguido do Rio de Janeiro, que tem 16.929 confirmações e 1.653 óbitos. Os estados que apresentam o menor número de notificações são Mato Grosso do Sul, com 346 casos confirmados e 11 mortes, e Mato Grosso, que registra 502 casos e 16 mortes. Tocantins está na antepenúltima posição, com 572 casos e nove óbitos.

Grupos de risco

Pessoas acima de 60 anos se enquadram no grupo de risco, mesmo que não tenham nenhum problema de saúde associado. Além disso, pessoas de qualquer idade que tenham doenças pré-existentes, como cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença neurológica ou renal, imunodepressão, obesidade, asma, entre outras, também precisam redobrar os cuidados nas medidas de prevenção ao coronavírus.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui