Oposição oficializa Paulo Souto como candidato ao governo da Bahia

Convenção partidária foi realizada nesta quarta-feira (18), em Salvador.

Joaci Góes foi escolhido vice; Geddel Vieira Lima vai tentar Senado.

O Democratas (DEM) oficializou a candidatura do ex-governador Paulo Souto ao governo da Bahia, durante convenção partidária da chapa majoritária da oposição na manhã desta quarta-feira (18), no Espaço Unique, no bairro do Stiep, em Salvador.

Em seu discurso, o candidato fez críticas diretas ao Partido do Trabalhadores (PT). “O PT virou as costas para o povo baiano. Não foi capaz de retribuir a generosidade do povo. As pessoas querem voltar a confiar nos governantes. Hoje, o que temos é a Bahia da propaganda, mentirosa, e a Bahia de verdade, a que nós vivemos. É preciso começar a reconstrução da Bahia”, disse Paulo Souto.

O ex-deputado federal e imortal da Academia de Letras da Bahia, Joaci Góes (PSDB), também foi confirmado como candidato a vice-governador. Geddel Vieira Lima (PMDB), ex-ministro da Integração Nacional e ex-vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, foi oficializado como candidato ao Senado.

“Da minha parte, eu formo um compromisso claro e vou lutar para que a Bahia seja o que nós queremos. Serei a voz do governador Paulo Souto na tribuna. Terei a coragem para fazer a reforma no Código Penal, para que bandidos não passem impune. Também não é mais possível que a reforma tributária não saia do papel”, falou Geddel durante a convenção.

De acordo com a organização, a chapa majoritária da oposição conta com o apoio de 17 partidos. A convenção contou com a presença do prefeito ACM Neto (DEM), o presidente nacional do Democratas, José Agripino, além de outros prefeitos e deputados aliados.

 

 

 

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui