Operação Nota Zero chega a Itamari

alt

Na manhã desta quarta-feira (23/3), a Polícia Federal deflagrou a Operação Nota Zero, que investiga desvios de verbas e crime contra administração pública envolvendo servidores da prefeitura de Itamari. De acordo com a PF, o inquérito em trâmite na Delegacia em Vitória da Conquista foi instaurado após o não cumprimento dos dias letivos mínimos estabelecidos pelo Ministério da Educação na rede escolar municipal no ano de 2013 em Itamari. Ainda segundo a polícia, os agentes envolvidos tentaram interferir na investigação, com a apresentação de documentos falsos, recusa na apresentação de documentos originais e ameaça a testemunhas. Estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, sete mandados de medidas cautelares diversas nas cidades de Jequié e Itamari. Entre os alvos estão o prefeito do município, Valter Andrade da Silva Junior (PCdoB), a primeira dama, secretária de educação, chefe do setor de recursos humanos e o procurador do município. A decisão foi expedida pelo Tribunal Regional Federal da 1ª região, em Brasília. Os investigados responderão por fraude à licitação, corrupção ativa e passiva, crime de responsabilidade dos prefeitos, associação criminosa, falsificação de documento público, uso de documento falso e coação no curso do processo.

 

Fonte: Jequié Repórter

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui