Operação conjunta resulta na prisão de advogado e outras oito pessoas no Extremo Sul

Foto: Reprodução/Radar64

Na manhã desta sexta-feira, 04, uma operação conjunta de policiais civis e militares resultou na prisão de nove pessoas, todas com mandado de prisão preventiva expedidas pela 2ª Vara Crime da Comarca de Eunápolis.

As prisões foram decretadas após desobediência a condições estabelecidas como medidas cautelares junto à liberdade provisória em que se encontravam durante processo judicial.

Trata-se de desdobramentos de uma operação iniciada em julho de 2019, quando um grupo de trabalhadores rurais atacou funcionários terceirizados de uma empresa de eucalipto.

O Ministério Público Estadual investiga os detidos também por: extorsão, falsidade documental, lavagem de dinheiro, fraude processual e coação de autoridades públicas envolvidas nas apurações.

Um dos presos é um advogado de 54 anos. Sua conduta foi o motivo do nome da operação: Rábula – termo utilizado para designar advogado inescrupuloso.

Três pessoas permanecem foragidas, entre elas, um radialista, que atuava em uma emissora já extinta.

A ação reuniu agentes da 23ª Coorpin/Eunápolis, 6ª Coorpin/Itabuna, 8ª Coorpin/Teixeira de Freitas e policiais militares da 7ª CIPM/Eunápolis.

Foram apreendidos documentos e aparelhos eletroeletrônicos.

________
Com informações: Ascom e Radar64

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui