O texto e o seu contexto

“Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4.13)

Há versos da Bíblia que, seja pelo uso ou pelo tamanho, ficam gravados em nossa memória. Podemos dizer que este é um deles. Já o vi tatuado no corpo de muitas pessoas. É um texto importante e muito precioso para nossa vida. Pelo uso comum transformou-se exclusivamente numa expressão de encorajamento, de fortalecimento diante da vida. Isso num sentido que nos coloca em marcha, sob a ideia de que nada pode nos deter. Algo como “somos empoderados por Jesus para enfrentar, sejam pessoas, sejam situações, sejam enfermidades, e vencer.” Afinal, somos fortalecidos por Aquele que tem todo poder, que tudo pode! Mas, como acontece com muitos outros textos que viram slogans de pensamento positivo, poucas vezes paramos para ver o seu contexto para aferir o significado que está sendo dado a ele.

Para termos alguma segurança, uma segurança razoável, sobre o significado de versos bíblicos, não se exige que sejamos capazes de realizar análises cuja profundidade exigiria o estudo formal da teologia. Também não se torna fundamental o domínio das línguas originais da Bíblia ou mesmo o conhecimento do posicionamento teológico dos mais conhecidos exegetas. Se apenas nos dermos ao trabalho de ler o contexto – os versos que antecedem e sucedem o verso que queremos compreender – já eliminaríamos muitos equívocos. Considerando o versículo de hoje, seu contexto nos revela que Paulo está falando sobre resiliência, sobre persistência, sobre resistência diante das lutas da vida, e não sobre sermos poderosos, conquistadores ou imbatíveis. Ele não está falando a partir de um sentimento de plenitude, mas de falta, de carência. Ele está agradecendo à igreja pelo cuidado de, finalmente, enviar ajuda. Um “finalmente” que parece até indicar que houve certa demora. Mas em sua vulnerabilidade o apóstolo afirma que não se vê como um desvalido, uma vítima.

Lendo o contexto vemos Paulo declarando seu aprendizado ao enfrentar adversidades, os desfrutar boas coisas, sendo capacitado para estar acima das circunstâncias. Ele sabe ter, sem com isso pensar que é o tal. Ele sabe não ter e apesar disso não sentir-me miserável. Sua fé não era a fé de quem acreditava que estaria imune às dores e insuficiências terrenas. Firmado em Cristo ele estava aprendendo a chorar e a sorrir de forma digna e saudável. “Por causa de Cristo, sou capaz de enfrentar qualquer coisa sem que ela me corrompa. Seja algo bom, que poderia tornar-me orgulhoso e prepotente; seja algo ruim, que poderia transformar-me numa vítima ou num revoltado!” É esse o sentido que o contexto dá ao verso que tantos usam com outro sentido. Para não decepcionar-se com Deus por Ele não agir como jamais disse que agiria, leia sempre o texto e também o seu contexto! Crer é também pensar.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui