O segredo do olhar

“Quem despreza o próximo comete pecado, mas como é feliz quem trata com bondade os necessitados!” (Provérbios 14.21)

Fim de ano é época dos prêmios aos famosos! A Festa do Oscar em Hollywood é um ícone que representa muito bem tantas outras em que tapetes vermelhos são estendidos e a palavra de ordem é “impressionar”. Quem veste e quem costura para quem veste, os silicones e os penteados, o estilo e a ousadia… e tudo começa a ser comentado muito antes. Mas, veja: já passou! Tudo voltou ao normal. As beldades agora são fotografadas na vida real e lhes faltam os trajes, os sorrisos largos e a beleza da noite de gala. Tudo aquilo foi circunstancial, momentâneo. A vida real é coisa que cobra mais do que a impressão que causamos em quem nos vê. A felicidade das aparências é um mito!

Somos mais felizes dependendo de como vemos os outros e não de como os outros nos veem. Porque o modo como vemos (tratamos) as pessoas demonstra o tipo de coração que temos e é no coração que se é feliz! O modo com vemos as pessoas demonstra também o tipo de fé que temos! Por isso João escreveu: “quem diz que ama a Deus e odeia seu irmão é, na verdade, um mentiroso!” (1Jo 4.20). Seremos mais felizes em 2015 se não desprezarmos o nosso próximo, mas o servirmos. Se formos bondosos e generosos com os necessitados, se a dor do outro doer em nós. Os insensíveis com os outros costumas ser hipersensíveis consigo mesmos. Tratam arranhões como fraturas e são infelizes!

O cristianismo não é a fé nas boas ações. É a fé em Cristo, aquele que nos amou e se entregou por nós. O cristianismo é a fé naquele que veio de Deus, que é o próprio Deus. É a fé da imitação, de seguir os passos. Por isso ela nos chama às boas ações. Quem ama mais do que aquele que dá a vida pelos seus amigos? (Jo 15.13) Jesus deu a vida por nós sendo nós pecadores, inimigos de Deus. No cristianismo boas ações não representam o que estamos dando, mas o que recebemos! Não é para recebermos algo mas porque já recebemos tudo! Tirando um pouco os olhos de nós mesmos, poderemos ver o que já recebemos por meio de Cristo, que nos fez filhos amados de Deus. Ele nos vê de modo tão terno e amoroso que podemos ser felizes, mesmo que nem sejamos vistos!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui