O MUNDO QUE ESTAMOS VIVENDO

Até onde a tecnologia nos trouxe
Tanta evolução
Hoje estamos sozinhos
Tantos vírus, tantos confinamentos
Tantas medidas e nada de medidas
Estamos vivendo momentos difíceis
Não somos desse mundo
Somos de um mundo de felicidade e alegria
Estamos vivendo momentos de turbulências
Cada vez mais parecemos máquinas
Sem abraços, sem convívio, apenas isolados
Impedidos de estar com quem queremos
Como queremos
Já cansamos de tanto confinamento
Falta humanidade de quem toma medidas
De quem decide, de que governa
Ficamos aqui a contemplar um mundo de tristezas e perdas.
Até quando?
Só Deus pode nos livrar de tudo isso…

Nota: O conteúdo aqui publicado é de inteira responsabilidade do colunista que assina o texto.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui