NO LUGAR CERTO, FAZENDO O QUE É CERTO!

“E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa.” (Mateus 5.15)

Lembro-me bem de minhas angústias quando adolescente! Eu queria saber exatamente qual era a minha vocação. Seria engenharia ou alguma outra na área de saúde? Havia muitas perguntas e quase nenhuma resposta. A partir de que referencial eu devia buscar as respostas? Das chances e oportunidades financeiras, a partir de aspectos internos, considerando minhas habilidades e gosto pessoal ou Deus teria algo que desconsideraria tudo isso? Em meio a tudo isso eu oscilava entre oração e conversas, mas nenhuma certeza ficava por muito tempo. Talvez você esteja passando por isso ou tenha passado. Talvez esteja vendo seu filho ou filha passar por isso! Não é fácil sabermos claramente quem somos e nem o que de melhor podemos fazer! Pelo menos não para todos!

E por isso acendemos a candeia e a colocamos debaixo de uma vasilha! E estar debaixo de uma vasilha não significa apenas ter insucesso material em nossa profissão. Inclui também ter sucesso! Podemos ganhar muito dinheiro em nossa profissão mas estar vivendo como uma candeia debaixo de uma vasilha. Lembra-se do que Jesus está dizendo? Ele está falando sobre nossa vocação de sermos luz e sal. De realizarmos obras que glorifiquem ao Pai. Precisamos orar pelos nossos jovens para que, ajudados por Deus e apoiados por nós, encontrem seu verdadeiro lugar na vida e sejam frutíferos. A sociedade que organizamos não facilita o caminho. Há muitos enganos e muitos obstáculos. Há muitas portas fechadas e muitas portas falsas. Nem todo lugar serve.

Temos o desafio de encontrar o lugar apropriado, adequado. Devemos com perseverança pedir que Deus nos dê direção. Mas não precisamos desse lugar para ser a luz que devemos. De onde estamos devemos realizar as obras da luz. Este é nosso desafio. Muitos estão no lugar certo, mas agindo de forma errada. Tem a vocação, tem habilidade, tem oportunidade, mas as atitudes não estão certas. E aí oportunidades são perdidas, habilidades são desperdiçadas e a vocação que poderia ser uma benção para tantos, deixa de ser. Esse é um caminho desafiador, mas podemos contar com a graça de Deus e a presença do Espírito Santo. Jesus disse que o ladrão veio para matar, roubar e destruir (Jo 10.10). E ele o faz dificultando nossa vida para que não sejamos a luz que devemos ser. Mas Jesus veio para que tenhamos vida plena! Podemos estar no lugar apropriado e iluminar todos que estão por perto! Que você brilhe muito hoje!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui