Mucuri é o primeiro município da região a receber doses da vacina para combate ao coronavírus

Mucuri é o primeiro município da região a receber doses da vacina para combate ao coronavírus. Fotos: Ascom

Na manhã de terça-feira, 19 de janeiro, uma equipe do Núcleo Regional de Saúde do Extremo Sul (NRS), órgão da Secretaria Estadual de Saúde (SASAB), chegou a Mucuri trazendo o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19. Inicialmente foram destinadas ao município 240 doses da vacina Coronavac.

No total, segundo Rodrigo Kuada, diretor regional do NRS, os 13 municípios do baixo extremo sul estão recebendo 5.200 doses e nesta fase serão imunizados especificamente os profissionais de saúde que atuam diretamente na linha de frente de combate à pandemia.

Em Mucuri a primeira pessoa vacinada foi a técnica de enfermagem Edilma Oliveira Morais, de 61 anos, que coordena o setor de vacinas no município e será a responsável por imunizar os seus colegas que atuam na linha de frente de combate à Covid-19. Logo depois foram vacinados o técnico em radiologia José Carlos Nunes Coelho, de 60 anos e a médica Júlio Caroliny Nogueira Borges.

Presentes no ato que marcou o início da campanha de vacinação contra o novo coronavírus na região extremo sul baiana, o prefeito Roberto Figueiredo Costa ‘Robertinho’, o secretário municipal de Saúde Fernando Jardim, Rodrigo Kuada, diretor do Núcleo Regional de Saúde (NRS), profissionais de saúde, além do capitão Iago, subcomandante da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), responsável pela equipe que dará segurança ao setor de vacinação durante a imunização.

“Apesar de sabermos que nesta fase apenas começarão a ser imunizados os profissionais de saúde que atuam diretamente com a Covid-19, é um momento histórico para todos nós, afinal, marca o início da vacinação contra este vírus que já tirou tantas pessoas queridas do nosso meio. O nosso compromisso como agentes políticos que somos, é continuar trabalhando nas articulações, até que consigamos imunizar todo a nossa população”, disse Roberto Figueiredo.

Já Fernando Jardim, secretário municipal de Saúde, detalhou o processo inicial da vacinação, relatando a importância da conscientização da população, para que todos os protocolos do Ministério da Saúde (MS), sejam rigorosamente cumpridos. “A nossa equipe de saúde já foi toda preparada para o cumprimento dos protocolos de vacinação. Temos que segui-los, manda-los ao Ministério da Saúde, para que estejamos inseridos nas próximas etapas”, falou.

“Montamos toda a logística para que as doses da vacina chegassem a todos os municípios da região. Registro aqui a felicidade de iniciar esse processo por Mucuri, onde sei que o gestor municipal e toda sua equipe de governo, estão empenhados com a melhoria da saúde da população”, comentou Rodrigo Kuada.

“Aqui estamos neste momento histórico e apesar da saudade daqueles que se foram, agora temos o desafio de imunizar a quem de direito. Aos profissionais de saúde, esses guerreiros que ao longo dos meses colocam em risco suas próprias vidas, cabe a responsabilidade de também acompanhar e fiscalizar, afinal, também somos os olhos da sociedade”, argumento o prefeito Robertinho.

O lugar escolhido para a vacinação dos primeiros profissionais de saúde em Mucuri, foi a Clínica Júlio de Oliveira Filho, na sede. No fim da manhã a equipe de Vigilância Epidemiológica seguiu para o Hospital São José, no distrito de Itabatã e nos próximos dias passará a visitar as demais localidades do município, onde outros profissionais da área de saúde também serão vacinados.

Chagada

Na madrugada desta terça-feira, 19, as primeiras doses da Vacina CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, chegaram de avião no Aeroporto de Teixeira de Freitas.

A distribuição das 6 milhões de doses disponíveis foi iniciada nesta última segunda-feira (18), chegando primeiro nas capitais.

Em Teixeira de Freitas o avião pousou às 4h da madrugada e foi recebido por uma equipe do Núcleo Regional de Saúde (NRS) e escolta policial. Imediatamente as caixas foram conferidas, para o envio dos lotes aos 13 municípios do extremo sul, disponibilizados conforme o número de habitantes.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui