Mucuri: confirmado repasse de R$ 486 mil ao Hospital São José e pagamento em dia ao INSS

Após quitar R$ 2,3 milhões de salários atrasados, Prefeitura de Mucuri confirma repasse de R$ 486 mil ao São José e pagamento em dia ao INSS.

Mucuri: confirmado repasse de R$ 486 mil ao Hospital São José e pagamento em dia ao INSS. Foto: Ascom

Após efetuar o pagamento de R$ 2,3 milhões dos salários atrasados dos servidores referentes ao mês de janeiro, de responsabilidade do ex-prefeito Carlos Simões (PSD), a Prefeitura de Mucuri, através da Secretaria Municipal de Saúde, confirmou na tarde desta segunda-feira, 22 de fevereiro, os repasses ao Hospital São José, que fica no distrito de Itabatã e é gerido pela Cáritas Diocesana, que é uma ação social da Igreja Católica da Diocese de Teixeira de Freitas/Caravelas.

Segundo Fernando Jardim, secretário municipal de Saúde, nesta segunda-feira (22), foi pago ao Hospital São José (HSJ) o valor de R$ R$ 381.313,14, relacionado ao convênio entre o município de Mucuri e à Cáritas Diocesana, sendo que no último dia 11 deste mês de fevereiro, já tinham sido transferidos R$ R$ 106.752,56 provenientes do repasse do Sistema Único de Saúde (SUS). “No total realizamos o pagamento de R$ 486 mil ao Hospital São José, unidade de saúde extremamente importante para o nosso município. Repasses feitos em dia, o que é mais um compromisso assumido e cumprido pelo prefeito Robertinho”, comentou Jardim.

Numa reunião recente com o seu secretariado o prefeito Roberto Carlos Figueiredo ‘Robertinho’ (DEM), fez comentários positivos em relação ao trabalho realizado pelo Hospital São José no município de Mucuri. “Tenho muitos outros projetos para a melhoria da saúde pública de Mucuri, mas é preciso reconhecer a importância do atendimento do São José em nosso município. A parceria vai continua e o tratamento da gestão será sempre de respeito ao trabalho realizado”, comentou.

Dentre outros serviços o Hospital São José centraliza o atendimento a pacientes infectados pela Covid-19 no município de Mucuri, com dez leitos, sendo três deles equipados com respiradores.

INSS

Também nesta segunda-feira, 22 de fevereiro, quando informava sobre os depósitos realizados nas contas dos servidores municipais, que ficaram sem receber o salário de dezembro, de responsabilidade da gestão anterior, Luciano Leite Afonso, atual secretário municipal de Administração, confirmou a efetivação do pagamento ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), dos valores recolhidos dos servidores na folha de janeiro. “Os valores recolhidos do funcionalismo e também de obrigação do município, devem ser pagos ao INSS até o dia 20 do mês subsequente, o que foi cumprido rigorosamente”, garantiu.
Recentemente, durante coletiva à imprensa regional, o prefeito Roberto Figueiredo Costa ‘Robertinho’ (DEM), denunciou que além dos atrasos de muitos anos anteriores, o governo que lhe antecedeu não pagou os valores devidos ao INSS durante todo o ano de 2020, mesmo tendo descontado dos servidores. “É difícil entender medidas como esta, que só descredibiliza Mucuri. Sei que a situação atual não é fácil, mas vamos trabalhar muito, olhar pra frente e fazer uma gestão que traga de volta a alegria e orgulho aos mucurienses”, falou.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui