MPF investiga 189 prefeitos por desvios de recursos

Foto ilustrativa
O Ministério Público Federal investiga 189 prefeitos de todo o país por não terem prestado contas de recursos públicos federais enviados aos municípios. No total, R$ 31 milhões em gastos com construção de escolas, hospitais e postos de saúde, melhoria de casas para combater a Doença de Chagas e compra de ambulâncias e de carros para transportar escolar não foram contabilizados. Os 189 casos estão sendo priorizados nas cinco Procuradorias Regionais da República, que podem produzir futuramente ações penais contra os prefeitos por crimes de responsabilidade, com pena de até doze anos de prisão. A suspeita é de que os prefeitos desviaram ou se apropriaram das verbas federais. Quem está à frente da investigação é a subprocuradora da República Raquel Dodge, responsável pelo inquérito do esquema de corrupção em Brasília que levou à prisão José Roberto Arruda.

Fonte: Bahia Notícias

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui