Motorista tenta corromper PRFs e acaba preso em Teixeira

Agentes da Polícia Rodoviária Federal de Teixeira de Freitas, prenderam nesta sexta-feira, 4, Aprígio Silva Neto, 49 anos, motorista, residente na cidade de Governador Valadares/MG, o qual conduzia o caminhão-trator Volvo/FH12 380 4X2T, placa HBG-9730/MG, atrelado ao semi-reboque de placa GZU-0013/MG. Durante a abordagem ao veículo, no Km 880 da BR 101, os policiais verificaram que o suspeito estava portando uma CNH de categoria “D”, incompatível para a combinação de caminhão que estava conduzindo, que exigia categoria “E”.

Ao tomar conhecimento de que seria autuado, pela infração prevista no artigo 162.III do CTB, o suspeito ofereceu aos policiais a quantia de R$ 50,00 juntamente com a proposta de que os mesmos o liberassem, tendo, por isso, recebido voz de prisão em flagrante por tentativa de corrupção ativa de servidores públicos.

Além disso, foi verificado pelos policiais que o suspeito não possui o Curso de Especialização para o Transporte de Produtos Perigosos (MOPP), os equipamentos de EPI, conjunto para situações de emergência, e o veículo não possui a simbologia necessária (rótulos de risco e painéis de segurança), todos obrigatórios para o tipo de carga transportada que era Carvão Vegetal, conforme descrito na Nota Fiscal, prática prevista como Crime Ambiental.

Segundo acaba de informar o inspetor Liomário dos Santos Filho, chefe do Posto 3 da PRF de Teixeira de Freitas, após as medidas administrativas, o suspeito foi encaminhado para a Coordenaria Regional da Polícia Civil (8ª Coorpin), onde foi lavrado o flagrante pela prática do crime de Corrupção Ativa, previsto no artigo 333 do Código Penal Brasileiro (CPB), e pelo Crime Ambiental previsto no artigo 56 da Lei nº 9.605/98 (Lei dos Crimes Ambientais).

Fonte: Ronildo Brito / Teixeira News

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui