Morre Roberto Santos, ex-governador da Bahia

Rui Costa decretou luto oficial

Foto: Reprodução

Morreu nesta terça-feira, 09 de fevereiro, Roberto Figueira Santos, ex-governador da Bahia. Segundo informações, ele se encontrava internado há cerca de 15 dias com problemas renais.

Além de chefe do Executivo estadual, Roberto Santos foi ainda reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e ministro da Saúde no governo de José Sarney.

Luto oficial

O governador Rui Costa decretou luto oficial de três dias na Bahia pela morte do ex-governador.

Em nome do povo baiano, quero fazer uma homenagem a esse grande homem, de uma visão social extraordinária, que montou a rede dos centros sociais urbanos. Um homem visionário, que construiu, por exemplo, o que ainda hoje é o maior hospital da Bahia e do norte-nordeste, que é o Hospital Roberto Santos”, disse Rui.

Autoridades lamentam a morte

O Presidente nacional do Democratas e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto também lamentou a morte de Roberto Santos.

A Bahia e o Brasil perderam um grande homem público, que fez da simplicidade a sua marca registrada. Em todos os cargos que exerceu, de deputado a governador, de ministro a reitor da Universidade Federal da Bahia, o professor Roberto Santos contribuiu muito para projetar Salvador e a Bahia”, afirmou ACM Neto.

Em sua primeira sessão como presidente da Assembleia Legislativa (Alba), o deputado Adolfo Menezes expressou: “Foi um extraordinário governador, com realizações marcantes durante o seu mandato, de 1975 a 1979. As marcas de Roberto estão por aí até hoje, como os bairros de Cajazeiras e Mussurunga, o grande hospital no Cabula, o parque e o estádio de Pituaçu”.

Já o atual reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles, disse: “Informo aos membros da comunidade UFBA que Dr. Roberto Santos, nosso ex-reitor e nosso grande amigo, acaba de falecer. A UFBA, mais uma vez, está de luto. Expresso aqui nossos sentimentos mais profundos“.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui