Morre Jorge Portugal, professor e ex-secretário de Cultura da Bahia

Governador decretou luto

Jorge Portugal morreu aos 63 anos em Salvador — Foto: Tacila Mendes/Secult

Por meio de uma nota, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) comunicou o falecimento de Jorge Portugal, ocorrido por volta das 20h15 (horário de Brasília), de falência cardíaca aguda, nesta segunda-feira (03).

O professor e ex-secretário de Cultura da Bahia estava internado na unidade de terapia intensiva (UTI) cardiovascular da instituição.

O governador Rui Costa lamentou o fato e decretou luto na Bahia nesta terça (4).

Imensamente entristecidos, lamentamos a morte do ex-secretário de Cultura do Estado Jorge Portugal. Educador, poeta, compositor, Jorge era um homem de múltiplos talentos, exercidos com a energia e a simpatia que inspirava todos à sua volta. Era, antes de tudo, um homem apaixonado pela Bahia e pelo seu povo, que estiveram sempre no centro do seu trabalho, fosse como administrador público, professor e artista. Como diz um dos seus versos: ‘Uma nação diferente, toda prosa e poesia, tudo isso finalmente, só se vê, só se vê na Bahia’. Nossos sentimentos para seus amigos e familiares por essa grande perda”, afirmou o governador.

Biografia

Nascido em 1956, na cidade de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia, Jorge Portugal completaria 64 anos na quarta-feira (5). Formado em Letras pela Universidade Federal da Bahia, ele foi um educador, poeta, letrista e compositor brasileiro que marcou gerações.

O educador ficou conhecido por obras voltadas para estudos universitários, como o livro “Redação é assim”, adotado por cursos pré-vestibulares de Salvador.

Sempre sorridente, Portugal se consolidou como apresentador de televisão ao liderar por nove anos “Aprovado”, programa educativo voltado para estudantes universitários na TV Bahia. [Do G1]

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui