Moradores de área carente de Itororó ganham uma biblioteca

Os moradores da Avenida Robson Rosa, antiga 64 casas, receberam na tarde desta sexta-feira, 30, a biblioteca Euclides Pedro dos Santos (Mestre Euclides). A obra, que é uma parceria entre a prefeitura de Itororó, a Sociedade Beneficente de Itororó (SBI) e o projeto “Ponto de Leitura”, da fundação Pedro Calmon (Governo do Estado), contribuirá para o fomento a leitura em uma das áreas mais carentes da cidade.

Além de livros, o espaço conta com um telão e um aparelho de data show, onde todas as sextas–feiras terão exibições de filmes educativos. Os frequentadores desse novo ambiente educacional ainda terá acesso a um viveiro que fica no quintal com as mais variadas espécies de plantas e serão auxiliados por profissionais, pagos pela prefeitura, que ficarão das 8 às 17h à disposição do público.

Mestre Euclides foi um dos primeiros professores de Itororó, que ao lado da professora Aurora Valadares e do professor Oscar Brasil eram responsáveis por alfabetizar os moradores de Itapuí (nome de Itororó, antes de ser Município) nos anos 20 em diante. Nessa época, o acesso à escola era difícil e só quem podia ter eram as famílias mais abastadas financeiramente. Esses professores ensinavam seus alunos sem cobrar nada e ainda usavam suas casas como salas de aula.

Outras conquistas

Ainda no âmbito educacional, mais recentemente foi inaugurada classe de 2º grau na Escola Municipal Jacinto Alves, na Cabeceira do Rio do Meio, zona rural de Itororó. Essa classe significa um avanço nessa área, pois até pouco tempo atrás não existia 2º grau nem no distrito de Itati, onde moram cerca de 300 famílias. O formato implantado nessa escola foi o EMITEC (Ensino Médio Técnico com Intermediação Tecnológica).

Inicialmente são 10 alunos beneficiados com essa intervenção, mas a secretária de Educação, Sirlene Pereira, acredita que esse número irá triplicar “logo em breve”. De acordo com ela, “muitos estudantes dessa área desistiam dos estudos por conta da dificuldade de se chegar a escola; eles tinham que percorrer 7km de estrada de chão até a escola mais próxima, que fica em Itati.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui