Médicos do Samu, da 9ª Região do Extremo Sul, anunciam paralisação

Foto ilustrativa
Os médicos prestadores de serviço do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, Regional da 9ª Região do Extremo Sul, que abrange os municípios de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Nova Viçosa, Vereda, Itanhém, Jucuruçu, Medeiros Neto, Mucuri, Ibirapuã, Lajedão, Prado, Alcobaça e Caravelas, consideram que:

1. O vencimento dos contratos de prestação de serviços firmados entre os Médicos contratados e a Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas em 31/12/2010, sem a renovação dos referidos contratos;

2. O não pagamento pelos serviços prestados pelos médicos nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2010;

3. O descumprimento, pelo então Secretário Municipal de Saúde, dos diversos acordos verbais anteriormente firmados com os Médicos Plantonistas, que em nenhum momento deixaram de cumprir com os seus deveres;

4. A total impossibilidade imposta pela Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas/BA, através de sua Secretaria de Saúde, na resolução do impasse; e,

5. Que já comunicaram ao Ministério Público Estadual e ao Conselho Regional de Medicina da Bahia;

É que, comprometidos com princípios éticos e com a responsabilidade profissional, comunicam à população do extremo sul que a partir desta sexta a noite, dia 14 de janeiro de 2011, os médicos vinculados ao SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, paralisarão suas atividades, por prazo indeterminado, o que, lamentavelmente, poderá causar sérios prejuízos à população.

Teixeira de Freitas/BA, 14 de janeiro de 2011

Médicos do SAMU

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui