Medeiros Neto: Operação Era da Polícia Federal apura desvio de verbas do FUNDEB em Medeiros Neto – 3 já estão presos

Em uma operação denominada de “Era”, a Polícia Federal ocupou, na manhã de 8 de março, a Prefeitura de Medeiros Neto, Extremo Sul da Bahia. Pelo menos 6 viaturas foram usadas na Operação que investiga desvio de verbas do FUNDEB pela Secretaria Municipal de Educação em Medeiros Neto. Os policiais cumpriram mandado de prisão preventiva contra a secretária de Educação Aleny Brito Lacerda. Também foi cumprido o mesmo tipo de mandado contra um motorista da Prefeitura, conhecido como Raniere. Na casa do Chefe de RH da Prefeitura, onde também houve busca e apreensão, os policiais encontraram uma arma, razão pela qual prenderam em flagrante o referido chefe de RH da Prefeitura, Hairton Fortunato. Também foram feitas buscas na casa de dois filhos do Prefeito, sendo que um deles, Junior Costa, até pouco tempo era Secretário de Administração da Prefeitura e está sendo acusado de envolvimento na fraude.

Fontes de informação dão conta de que o esquema era montado para desvio de verbas públicas do FUNDEB, onde os contra cheques de cerca de 80 funcionários recebiam valores a mais, descritos como “demais vantagens”, que depois eram devolvidos à Secretaria de Educação. O valor da fraude pode ter atingido em torno de 150 a 200 mil reais/mês.

Os documentos apreendidos e os presos foram levados para Teixeira de Freitas.

Da Redação

Fotos: O PovoNews

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui